Página inicial / Biblioteconomia / Bibliotecas / CHAMADA PARA PUBLICAÇÃO EM LIVRO SOBRE MEDIAÇÃO DE LEITURA EM BIBLIOTECAS

CHAMADA PARA PUBLICAÇÃO EM LIVRO SOBRE MEDIAÇÃO DE LEITURA EM BIBLIOTECAS

Os textos irão compor um livro que será lançado no Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação (CBBD) em outubro

A Editora Malê recebe até o dia 8 de agosto relatos de experiência reflexivo ou ensaios acadêmicos sobre mediação de leitura literária em bibliotecas. Os textos irão compor um livro que será lançado no Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação (CBBD), programado para acontecer entre os 1 e 4 de outubro em Vitória, ES.

Para participar basta enviar o texto para jorge.exlibris@gmail.com, em arquivo de Word, com no mínimo 8 páginas e no máximo 15 páginas, em fonte Times New Roman tamanho 12, espaçamento de 1,5, margens de 2,5cm de cada lado, e normatizado de acordo com as normas da ABNT.

No corpo do e-mail deve constar a área temática do trabalho, o nome completo do autor e os telefones para contato. Pela participação na obra, cuja organização e edição estão a cargo, respectivamente, dos bibliotecários Jorge do Prado e Vagner Amaro, o autor ou autora receberá cinco exemplares do livro.

Áreas de pesquisa relacionadas ao tema são: mediação da leitura; mediação da leitura em diversos tipos de biblioteca (universitárias, escolares, empresariais, especializadas, públicas); mediação cultural; uso de recursos tecnológicos em mediação da leitura; mediação da leitura e competências informacionais;  mediação da leitura e democracia cultural; mediação da leitura e letramentos; mediação da leitura e inclusão social.

Esta publicação pretende reunir reflexões e relatos sobre mediação da leitura destes profissionais, com o objetivo de servir de material de referência e inspiração para estudantes, bibliotecários, escritores, produtores culturais, professores, pesquisadores e outros interessados em leitura literária”, diz Amaro que além de bibliotecário é editor.

Ele explica que os desafios políticos, sociais e culturais contemporâneos da sociedade brasileira estão diretamente intrincados com a necessidade de um aprimoramento na formação educativa de crianças, de jovens e de adultos, para que estes tenham maiores habilidades nas práticas de leitura e no uso de informações.

Este aprimoramento pode resultar no desenvolvimento de uma consciência crítica, cidadã e fraterna, em que haja o respeito às diferenças e aos princípios democráticos, o comportamento ético e o estímulo à diversidade e ao senso comunitário”, explica o editor da Malê, uma editora focada na literatura afro-brasileira.

Segundo os dados do Indicador de Analfabetismo Funcional (Inaf) 2018, três em cada dez jovens e adultos de 15 a 64 anos, no país, são considerados analfabetos funcionais — pessoas que apresentam dificuldades de entender e interpretar diversos tipos de textos simples.

Esta condição afeta escolhas pessoais e comunitárias decisivas para a melhoria das condições de vida da população e resulta em um efeito colateral brutal nos menos favorecidos socialmente”, garante.

Fonte: REVISTA BIBLIOO

Sobre admin

Check Also

Jornada da Leitura 6.0

https://observatoriodolivro.org.br/ Programação incrível de lives apresentadas por especialistas, escritores e artistas, que vão falar sobre os …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *