Página inicial / Biblioteconomia / Bibliotecas / Bibliotecas Públicas / Bibliotecária fala sobre a importância da atualização dos espaços mediadores de leitura

Bibliotecária fala sobre a importância da atualização dos espaços mediadores de leitura

Biblioteca Pública Municipal ‘Dr. Mário Corrêa Lousada’

Em tempos de smartphones, com uma infinidade de informações na ‘palma da mão’ e diversas opções eletrônicas, digitais e tecnológicas, cada vez mais os livros têm perdido espaço na rotina das pessoas. Em celebração ao Dia Nacional do Livro, em 29 de outubro, falamos com a bibliotecária Ludmila Ferrarezi, 33 anos, responsável pela Biblioteca Pública Municipal ‘Dr. Mário Corrêa Lousada’, que ressalta a necessidade da atualização dos espaços mediadores de leitura – incorporando a web, e da relevância de proporcionarem o contato com a cultura em geral.

A Bacharel em Ciências da Informação, Documentação e Biblioteconomia pela FFCLRP/USP, Mestre e Doutora em Ciências pela mesma instituição, acredita que além de disponibilizar as tradicionais obras impressas e os livros mais antigos, as bibliotecas devem abrir um canal de acesso à cultura e entrada no mundo digital, “disseminando informação e propiciando a construção do conhecimento, seja em qual suporte for”, complementa. Com relação à data em celebração aos livros, mais o Dia Nacional da Leitura em 12 de outubro, a bibliotecária diz que é um convite para reconhecermos a relevância da leitura em qualquer fase da vida e não somente no período de formação escolar.

Tendo em vista sua trajetória na área, Ludmila argumenta que os livros e as ações de incentivo à leitura contribuem para a educação formal e para o desenvolvimento da criatividade e do senso crítico dos indivíduos. Dessa forma, é mais provável que as pessoas utilizem os espaços mediadores de leitura, contudo, se faz a necessidade, como já citado, de agregar a tecnologia nesses ambientes. No tocante à Biblioteca Municipal, inaugurada em 1971, nos últimos 20 anos cerca de 8.000 munícipes solicitaram cadastro na unidade.

O cadastro – gratuito – é o que viabiliza o empréstimo de livros e demais materiais disponíveis na Biblioteca da cidade. Para realizá-lo, as pessoas devem comparecer e apresentar os documentos originais, RG, CPF e comprovante de endereço de Valinhos. “É possível o empréstimo de até três livros (por 14 dias), duas revistas, mangás ou gibis (por sete dias) e dois DVDs (por dois dias). O uso do espaço para estudo e leitura é livre, não requer cadastro prévio, sendo aberto a todos os cidadãos, moradores ou não de Valinhos”, explica Ludmila.

Quanto ao público, a bibliotecária conta que é heterogêneo, de crianças até idosos. Recebem um número variável de usuários diariamente, tanto para leitura (livros, revistas e jornais), estudo (individual ou em grupo), realização de empréstimos de obras (média de 300 por mês) e acesso à internet. “Os materiais mais procurados são os livros de literatura nacional e estrangeira (especialmente aqueles solicitados pelas escolas e pertencentes às listas exigidas pelos vestibulares), mangás, gibis, livros da seção infanto-juvenil, além de livros religiosos, de autoajuda e de determinadas áreas do conhecimento, como psicologia, sociologia, saúde, educação e administração”, comenta.

Atualmente a Biblioteca Municipal não recebe doações de obras, mas sempre que possível indicam locais e pessoas que arrecadam os materiais. Entretanto, no terminal rodoviário do município há uma estante utilizada para troca e doação de livros, “que podem ser livremente retiradas por quem se interessar”. O funcionamento da Biblioteca Pública Municipal ‘Dr. Mário Corrêa Lousada’ é de segunda-feira a sexta-feira, das 8h30 às 17h, na Rua José Milani, 127. Mais informações pelo telefone (19) 3871-6022, pelo e-mail bibliotecamunicipal@valinhos.sp.gov.br ou pela página no Facebook https://pt-br.facebook.com/bibliotecavalinhos/.

Fonte: Jornal Terceira Visão

Sobre admin

Check Also

Dia Internacional para a Eliminação da Discriminação Racial BIBLIOTECÁRIAS(OS) NEGRAS(OS) IMPORTAM! Dia Internacional para a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *