Página inicial / Biblioteconomia / Bibliotecas / Bibliotecas Universitárias / Suspensão por atraso na devolução de livros é substituída por doação de plantas em biblioteca no AP

Suspensão por atraso na devolução de livros é substituída por doação de plantas em biblioteca no AP

Por Carlos Alberto Jr

Doação de mudas é válida até o dia 11 de outubro — Foto: Pedro Ângelo
Doação de mudas é válida até o dia 11 de outubro — Foto: Pedro Ângelo

Pensando em criar uma alternativa para o “pagamento” das suspensões pela não devolução de livros na Biblioteca Central da Universidade Federal Amapá (Unifap), os cerca de 800 estudantes e professores inadimplentes poderão quitar as pendências com plantas ornamentais.

Além de oferecer uma forma criativa e inusitada para compensar as suspensões, o projeto “Suspensão Solidária” quer contribuir para um novo ambiente de vivência aos acadêmicos, que será criado na entrada da biblioteca.

“Sempre buscamos alternativas para o pagamento da multa aos estudantes. Já realizamos, por exemplo, campanhas para doações de brinquedos e alimentos. Pela primeira vez, a troca será para algo voltado ao ambiente acadêmico”, disse Maria do Carmo, da administração da biblioteca da Unifap.

Entre as sugestões de plantas feitas pela instituição estão: lantanas, lavadeiras e palmeiras areca. Quem não puder contribuir com os pedidos específicos, pode trocar as multas por terra, pedras e grama.

Cerca de 800 alunos e professores estão inadimplentes com a biblioteca da instituição — Foto: Unifap/Divulgação
Cerca de 800 alunos e professores estão inadimplentes com a biblioteca da instituição — Foto: Unifap/Divulgação

A Suspensão Solidária funciona da seguinte forma:

  • Usuários com até 15 dias de suspensão podem quitar débitos doando uma muda de lantana ou lavadeira
  • De 16 a 30 dias devem doar duas lantanas ou uma lavadeira ou uma de maior valor
  • De 31 a 45 dias devem doar três mudas de lantana/lavadeira ou uma de maior valor
  • Acima de 45 dias é preciso doar quatro mudas de lantana/lavadeira ou uma de maior valor

A arrecadação encerra dia 11 de outubro, sem prorrogação, informou a instituição. A proposta é que, após o fim da campanha, inicie o plantio e criação do espaço, previsto para ser inaugurado no dia 18 de outubro, com uma programação cultural que se estenderá durante todo o dia.

Para saber quais outras plantas podem ser doadas e tirar dúvidas, os alunos devem enviar e-mail para: bibliotecacentral@unifap.br ou telefonar para: (96) 3312-1772.

Área de vivência em frente à Biblioteca Central da Unifap será inaugurada no dia 18 de outubro — Foto: Unifap/Divulgação
Área de vivência em frente à Biblioteca Central da Unifap será inaugurada no dia 18 de outubro — Foto: Unifap/Divulgação

Fonte: G1 Amapá

Sobre admin

Check Also

Você sabia que existe um mercado potencial para Catalogação além das bibliotecas?

Texto por Rachel Lione A catalogação é uma das competências técnicas mais antigas e peculiares …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *