Página inicial / Biblioteconomia / Bibliotecas / Bibliotecas Públicas / Sistema de Bibliotecas Públicas do Município de Sertãozinho: um caso de sucesso de fiscalização de concursos

Sistema de Bibliotecas Públicas do Município de Sertãozinho: um caso de sucesso de fiscalização de concursos

Texto da Comissão de Fiscalização do CRB-8

Acompanhar os concursos com vagas para bibliotecário é um dos trabalhos realizados pela Comissão de Fiscalização do CRB-8. Desde 2019, mais de quarenta concursos realizados incluíram vaga para bibliotecário. É bastante comum que os concursos tenham irregularidades ou estejam incompletos nos requisitos para o cargo de bibliotecário, muitas vezes o único da instituição ou do município: não há exigência de registro no CRB-8, ou não há exigência de formação em Biblioteconomia, em alguns casos exige-se apenas nível médio, ou há outras denominações para as atividades privativas de bibliotecário, ou ainda a remuneração é incompatível, inferior ao piso salarial estabelecido pelo Sindicato. Observada alguma irregularidade, o Conselho encaminha ao órgão responsável pelo concurso a solicitação de regularização das informações relativas a denominação, formação exigida e inscrição no Conselho. Embora a remuneração esteja fora do âmbito de atuação do Conselho, a informação é repassada ao Sindicato para providências. 

Fábio de Santana Barreto, CRB-8/10223

Um caso recente de sucesso foi o do município de Sertãozinho, com a realização do concurso para a ampliação do número de vagas para bibliotecário no Sistema de Bibliotecas Públicas do Município, Concurso 02/2017 pela Vunesp. Fábio de Santana Barreto foi nomeado para a biblioteca no CEU das Artes. Em 2019, o Conselho congratulou o município pelo pronto atendimento da Prefeitura que tomou as providências a favor da realização do concurso público solicitado pelo Conselho, ampliando o quadro de profissionais bibliotecários, com a inauguração de mais um espaço com equipamento de leitura.  Leia o depoimento do profissional:

Fui muito bem recebido por todos os profissionais da Prefeitura e da Secretaria de Cultura e Turismo, em especial pela equipe do Sistema de Bibliotecas Públicas do Município de Sertãozinho. O Sistema de Bibliotecas Públicas conta com três unidades diferentes: a Biblioteca Pública Municipal “Dr. Antônio Furlan Jr.”, onde atuo no momento, a Biblioteca Pública Distrital “Prof.ª Sônia Regina Mossin Garcia” e a Biblioteca “Neuza Leonor Pignata”, onde atuei até a penúltima semana de abril, localizada no CEU das Artes da cidade. 

No momento, realizo apenas trabalhos internos na biblioteca do centro da cidade, a “Dr. Antônio Furlan Jr.”, por conta de decisões administrativas e da situação sanitária que aflige todo o território nacional. Junto à equipe da unidade, realizamos o processamento técnico dos materiais e diferentes atividades para manutenção do ambiente da biblioteca, além de criarmos alguns conteúdos online para o nosso público.

Creio que diversos desafios me aguardam durante minha atuação na biblioteca, tendo em vista os desafios que já enfrentei e enfrento frequentemente, principalmente no contexto da pandemia vigente. Enquanto funcionário da Secretaria de Cultura e Turismo de Sertãozinho, minha atuação no trabalho ia além do ambiente da biblioteca, envolvendo participação em diversos eventos diferentes pela cidade. Hoje, sem perspectiva de realização de tais eventos, fico na esperança de voltar ao meu local de trabalho anterior, no CEU das Artes, enquanto sigo colaborando com meus novos colegas de trabalho e enfrentando os desafios da rotina.”

Para saber mais sobre a Fiscalização http://www.crb8.org.br/sobre-a-fiscalizacao/

Para denúncias http://www.crb8.org.br/denuncia/ 

Sobre admin

Check Also

DO BALCÃO DA BIBLIOTECA À BANCADA DO PARLAMENTO

A participação de profissionais da biblioteconomia na política partidária no Brasil Texto por Carlos Wellington …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *