Página inicial / Leitura / Leitura Infantil / Relações possíveis entre leitura e o desenvolvimento infantil

Relações possíveis entre leitura e o desenvolvimento infantil

Texto por Andrezza Tavares e Giovana Amorim

A literatura infantil permite o desabrochar da atividade cognitiva, emocional e do potencial criativo infantil. A criança que tem acesso à leitura e a contação de histórias, ainda na primeira infância, apresenta maiores saltos de qualidade em seu pensamento pelo contato com a imaginação proporcionada pela interpretação ficcional da realidade. A leitura promove benefícios sociais e afetivos por meio do recriar cíclico no plano do imaginário (AMARILHA, 1997).

O texto literário importante para a infância é aquele capaz de ter função estética e utilitária. A função estética significa um bom plano de expressão que desperte a atenção da criança por meio de versos, ritmos, sonoridade, entre outros recursos; a função utilitária significa saber informar, satisfazer, ilustrar, caracterizar, repetir, acrescentar ideias, entre outras possibilidades inerentes à leitura.

Dentre as características relevantes do texto que permite a leitura para o desenvolvimento de crianças, destacamos: 1) a intangibilidade uma vez que o seu poder está na poesia, nas metáforas e nas metonímias, características próprias da riqueza do universo conotativo que amplia os significados novos do imaginário infantil; e 2) na desautomização uma vez que o texto literário utiliza a linguagem através da estética criando novas relações entre as palavras e estabelecendo associações inesperadas e surpreendentes. De acordo com o poeta francês Valéry o texto literário é intocável, não se pode resumi-lo, pois perdemos a sua essência (ABRAMOVICH, 1989).

A linguagem poética é a principal portadora dos elementos lúdicos que proporcionam prazer ao texto. O gosto pela leitura chega à criança, principalmente pela oralidade.

A leitura destinada à infância deve ser uma construção sensorial e imagética. A criança ao transformar as imagens em expressão, pela linguagem oral, entra na composição do elemento lúdico e da brincadeira promovendo interações e aprendizagens. A compreensão do prazer proporcionado pelo jogo da linguagem, que aparece no texto criativo, como a poesia por exemplo, fortalece o desenvolvimento global da criança.

A poesia na escola de Educação Infantil acontece através da maneira como a mesma se apresenta aos seres humanos na sua primeira observação de mundo. A proposta da leitura na educação infantil com seu caráter lúdico deve ser uma experiência que antecipa o processo de observação e compreensão do mundo de forma disciplinada e subjetiva. Trabalhar com a subjetividade do aluno é fundamental para o desenvolvimento de suas capacidades e habilidades necessárias para enfrentar os diferentes desafios de estar no mundo.

Pormenorizando, o texto estimula as crianças a pensar, imaginar, brincar, ouvir,  escrever, ver e a tocar, inclusive tateando o livro. Por meio do contato com a leitura, a criança amplia as possibilidades de sentir e de pensar sobre a sua condição, as suas emoções, afetos e aprendizagens no mundo, desenvolvendo-se continuamente.

Referências:

Texto literário e Texto não – literário. In: FIORIN, José Luis; SAVIOLI, Francisco Platão. Para entender o texto: leitura e redação. 2ª ed. São Paulo: Ática, 1991.

ABRAMOVICH, Fanny. Literatura Infantil: gostosuras e bobices. –São Paulo: scipione, 1989.

AMARILHA, Marly. O Lúdico na Literatura: O caso da poesia. In: Estão mortas as fadas? – Petrópolis, RJ: vozes, 1997 – Natal: EDUFRN.

AMARILHA, Marly. Estão mortas as fadas?. 3ª ed. Petrópolis, RJ: vozes, 2001 – Natal: EDUFRN.

CAMARGO, Luís. Ilustração do livro Infantil. Rio de Janeiro: Sindicato Nacional de Editores do Rio de Janeiro, 1995.

Fonte: Potiguar Notícias

Sobre admin

Check Also

Você sabia que existe um mercado potencial para Catalogação além das bibliotecas?

Texto por Rachel Lione A catalogação é uma das competências técnicas mais antigas e peculiares …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *