Página inicial / Arquivologia / Arquivos / PROJETO PROMOVE DIFUSÃO DE 3 MIL DOCUMENTOS SOBRE A HISTÓRIA DA ENERGIA NO ESTADO

PROJETO PROMOVE DIFUSÃO DE 3 MIL DOCUMENTOS SOBRE A HISTÓRIA DA ENERGIA NO ESTADO

Em setembro, a Fundação Energia e Saneamento entrega um de seus mais importantes projetos em andamento: o de organização e digitalização de mais de 3 mil documentos textuais de seu acervo histórico. Os arquivos, de origem da Cesp – Companhia Energética de São Paulo, foram produzidos ao longo do século 20, importante período na história brasileira em que ocorreu a construção de grandes usinas hidrelétricas, com o aumento da demanda por eletricidade em virtude do crescimento populacional e industrialização do país. 

Companhia estatal criada em 1966 da fusão de 11 empresas, a Cesp e suas formadoras foram responsáveis pela construção das principais geradoras de energia do Estado de São Paulo, entre os anos 1950 e 1980. O projeto de difusão e digitalização da documentação textual do acervo da Fundação, a ser disponibilizada para acadêmicos e pesquisadores em banco online, compreende, entre outros, arquivos históricos sobre as hidrelétricas Ilha Solteira, Jupiá e Porto Primavera, principais usinas do Estado – juntas, elas correspondem por cerca de 50% da energia hidrelétrica gerada em São Paulo.

Organizados em 231 caixas e 93 pastas, totalizando 37 metros lineares de documentação, os arquivos reúnem material diverso como estudos, relatórios, correspondências e clippings de imprensa sobre as atividades da Cesp. Rica fonte de pesquisa para a história da energia, do trabalho, da tecnologia, do desenvolvimento urbano, transformação da paisagem, meio ambiente, entre outras, o acervo poderá fornecer subsídios a pesquisadores de várias áreas do conhecimento, como História, Geografia, Engenharia, Arquitetura e Sociologia.

Os trabalhos no material foram iniciados em janeiro de 2018 e, no momento, a equipe da Fundação atua nas etapas de higienização e catalogação, além da digitalização de uma seleção do acervo. A previsão é de que o projeto seja finalizado em setembro, com a disponibilização de todo o material para consulta, em catálogo, no acervo online da instituição. Interessados no projeto podem entrar em contato pelo e-mail pesquisa@energiaesaneamento.org.br.

A organização do material foi possibilitada por meio do projeto “Digitalização e difusão de documentação textual do Fundo CESP – Acervo Fundação Energia e Saneamento”, contemplado no PROAC Edital 16/2017, da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.

Equipe da Fundação atua, no momento, na higienização, catalogação e digitalização de documentos sobre as usinas hidrelétricas e outros documentos de origem da Cesp
Higienização a seco está sendo realizada, entre outras, na documentação das Usinas Ilha Solteira e Jupiá, que formavam o “Complexo de Urubupungá”.

Fonte: Museu da Energia

Sobre admin

Check Also

É possível pensar na literatura sem palavras?

Livros ilustrados e o papel das imagens para quem ainda não domina letras e frases …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *