Página inicial / Notícias / PMLLLB de SP se posiciona contra reoneração do livro

PMLLLB de SP se posiciona contra reoneração do livro

Texto por Redação

Conselheiros do Plano Municipal do Livro, Literatura, Leitura e Bibliotecas de SP apontam que o preço do livro poderá crescer 20%, ‘prejudicando a formação de jovens, além de impactar negativamente na construção de uma geração de leitores’

O que os conselheiros do PMLLLB/SP defendem é que, com a reoneração, o preço do livro deverá subir 20%, o que impactaria na formação de gerações de leitores, prejudicando especialmente os leitores mais jovens | © Bienal Rio / Divulgação

O Conselho do Plano Municipal do Livro, Literatura, Leitura e Bibliotecas (PMLLLB) de São Paulo se posicionou a respeito da tributação do livro proposta pelo ministro Paulo Guedes na reforma tributária apresentada ao Congresso. Se aprovada como está no projeto de lei, será criada a Contribuição Social sobre Operações com Bens e Serviços (CBS), que substituiria o PIS/Cofins, dos quais o livro está isento desde 2004. A alíquota de 12% incidiria sobre a receita bruta apurada com cada uma destas operações e alcançaria as pessoas jurídicas de direito privado. O livro não está entre as exceções da nova contribuição.

No documento, os conselheiros declaram apoio integral ao Manifesto das entidades do livro e ressaltam que, se aprovada, a reoneração afetaria o preço final do livro que poderá sofrer acréscimo de até 20%. “Eles chegarão mais caros ao leitor, prejudicando, sobretudo, a formação de jovens estudantes, além de impactar negativamente na construção de uma geração de leitores de todas as idades”, diz a nota.

Clique aqui para ler a íntegra do documento.

Fonte: PublishNews

Sobre admin

Check Also

Bibliotecárias negras brasileira e colombiana produzem livro sobre epistemologias latino-americanas no campo biblioteconômico-informacional

Texto por Priscila Fevrier Qual a incidência de estudos de mulheres negras em Biblioteconomia e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *