Página inicial / Notícias / Piracicaba reconhecida por seus concursos literários

Piracicaba reconhecida por seus concursos literários

Abrir novos espaços para expressão literária, oportunizar talentos, motivar escritores, premiar os melhores textos, além de incentivar o hábito de escrever, estimular e divulgar a leitura foram e continuam sendo, os principais objetivos do trabalho da SemacTur, por meio da Biblioteca “Ricardo Ferraz de Arruda Pinto”, criando e preservando concursos literários que têm trazido excelentes resultados.

Este ano não foi diferente. Em apenas dois concursos, recebemos 1.515 inscrições vindas, literalmente, de todo o mundo. O Prêmio Escriba recebeu trabalhos em português vindos de todo o Brasil e também de outros países como Itália, Portugal, Inglaterra, França, Romênia, Japão, Estados Unidos, Itália, África do Sul, Alemanha, Angola, Canadá, Moçambique e Reino Unido, entre outros. Sua primeira edição em 1990, foi na modalidade Poesias. Em 1997, foi instituída a edição para Contos, e, a partir de então, os dois gêneros passaram a se alternar a cada ano. Em 2011, foi criado o Prêmio Escriba de Crônicas, completando o anseio de abarcar mais amplamente os gêneros literários. Na edição deste ano os cronistas bateram recorde em toda a história do prêmio, com 1.022 trabalhos concorrendo.

Desde 2011, o Concurso Microcontos de Humor, resultado de uma boa parceria entre o Centro Nacional de Documentação, Pesquisa e Divulgação de Humor – CEDHU e a Biblioteca Municipal, soma-se aos certames literários já existentes, integrando a programação do Salão Internacional de Humor. Pesquisando, observamos que as palavras “microconto”, “miniconto” ou “nanoconto”, referem-se a um texto muito pequeno, uma narrativa em pouco mais de uma linha, com contexto, que apresenta uma ação. No microconto é muito mais importante sugerir que mostrar, deixando ao leitor a tarefa de “preencher” as elipses narrativas e entender a história por trás da escrita. Com no máximo 140 caracteres, como no twitter, resume um desafio e tanto, à capacidade de síntese e criatividade dos escritores. A iniciativa tem sido muito bem-sucedida e este ano recebemos 493 inscrições.

Nestes concursos são distribuídos prêmios em dinheiro e troféus para primeiro, segundo e terceiros colocados, menções honrosas e destaque especial. Para chegar aos ganhadores, as obras recebidas são analisadas por um júri especializado, formado por intelectuais atuantes nas áreas da literatura e/ou jornalismo, e humor especificamente para o Microconto, todos indicados pela SemacTur. Ao final de cada concurso, as obras selecionadas juntamente com as premiadas, são impressas numa coletânea distribuída entre os autores, bibliotecas públicas e população. É mais uma forma que encontramos para aproximar o livro e a literatura de pessoas de todas as idades e classes sociais.

E na alternância anual entre poesia, conto, crônica e microcontos acreditamos cumprir nosso papel no mundo das letras, difundindo e levando o nome e o estilo de diferentes escritores para todos os cantos. Nesse sentido, vale lembrar que Lêdo Ivo, Fernando Sabino e Clarice Lispector que ainda muito jovens, começaram suas brilhantes carreiras em iniciativas como esta. Um brinde à literatura!

Fonte: JORNAL DE PIRACICABA

Sobre admin

Check Also

Bibliotecomia FESPSP

Ingresso via ENEM: Para matrículas: de 600 a 700 pontos= 50% desconto na matrícula / …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *