Página inicial / Destaque / Pesquisa mostra o impacto das bibliotecas ou salas de leitura

Pesquisa mostra o impacto das bibliotecas ou salas de leitura

Retratos da Leitura, do Instituto Pró-Livro, traz dados sobre como as bibliotecas ou salas de leitura na aprendizagem dos alunos.

  
retratos-da-leituraReduzido
51,4% dos responsávei concordam plenamente que as bibliotecas ou salas de leitura contribuem para a formação de leitores e pesquisadores, indica levantamento. (crédito da imagem: divulgação)

Com o objetivo central de conhecer os atributos da biblioteca se estão relacionados com o desempenho do aluno do Ensino Básico e ao aprendizado, a pesquisa Retratos da Leitura – Bibliotecas Escolares, desenvolvido pelo Insper e pelo OPE Sociais, traz esses dados durante três anos, para avaliar a existência desses espaços, suas condições de uso e funcionamento, se impactam positivamente na aprendizagem. A ideia não foi qualificar as bibliotecas, mas identificar aquelas que atendem os alunos com melhor performance nos indicadores de avaliação da educação, como Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) e Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB).

Além desses dados para os profissionais da educação, a pesquisa pretende contribuir na formulação de políticas públicas e programas destinados para instalação de bibliotecas e/ou espaços de leitura com foco na aprendizagem e integrados ao currículo escolar. A pesquisa também pretende reforçar a importância na implementação da lei nº 12.244/2010, que prevê a universalização de bibliotecas em escolas públicas até 2020.

A pesquisa foi em campo pela OPE Sociais em 2018 com cerca de 500 escolas de 17 Estados brasileiros. As 60 perguntas nas entrevistas pessoais (face a face) foram direcionadas aos gestores/diretores, bibliotecários/responsáveis pelas bibliotecas ou salas de leitura e professores, em sua maioria de Língua Portuguesa. A amostra também incluiu escolas públicas estaduais e municipais do Ensino Básico séries iniciais (Fundamental 1) e que participam da Prova Brasil em 2015. A amostra final conta tanto com escolas que possuem biblioteca/sala de leitura quanto com algumas que não possuem.

As avaliações foram baseadas em sete indicadores: funcionamento, espaço físico, atuação do responsável pela biblioteca, atuação do professor, uso da biblioteca, acervo e recursos eletrônicos.

Os primeiros resultados indicam que há sim uma relação positiva entre exigência de bibliotecas escolares ou salas de leitura e o desempenho escolar em Português e Matemática no 5º ano do ensino fundamental e ela é mais potente quanto mais vulnerável a condição socioeconômica do aluno.

O levantamento também trouxe que as performances da pior e da melhor escola com relação ao funcionamento da biblioteca no desempenho na disciplina Língua Portuguesa identificou um aumento de cinco pontos na escala SAEB.

Em relação ao espaço físico, a escola que mais se destacou tem um IDEB 0,2 maior do que a escola com pior espaço. O Brasil cresceu 0,3 ponto no IDEB entre 2015 e 2017. A mesma magnitude de correlação tem o indicador de uso da biblioteca. Já nas escolas de maior vulnerabilidade, com bom espaço dedicado à leitura, essa pontuação chegou a ser 0,5 maior do que outra na mesma situação.

pesquisa-bibliotecas-Prolivro Reduzido
60% dos professores responderam que a leitura contribui muito para a boa proficiência em português e para a formação leitora dos alunos. (crédito da imagem: Ridofranz/GettyImage)

Outro dado avaliado é a presença de um responsável qualificado em bibliotecas e salas de leitura é relevante no aprendizado. No desempenho em Língua Portuguesa é de aproximadamente 4 ponto (SAEB), ou 1/3 de um ano de aprendizado entre o 5º e 9º anos. Nas escolas mais vulneráveis, a pontuação sobe para 16 pontos no SAEB. Outra questão foi a presença de um professor que se envolva em atividades de pesquisa e leitura e incentive seus alunos a frequentar a biblioteca aumenta o desempenho em Português em até sete pontos na escala SAEB, representando 63% de um ano de aprendizado.

Das escolas analisadas: 60,6% têm bibliotecas e 33,2% salas de leitura. Em 57% o espaço de leitura é exclusivo em 37% são compartilhados com outras atividades. Em 79% o responsável pela biblioteca ou sala de leitura tem ensino superior.

Acesse aqui: http://prolivro.org.br/home/

Fonte: setor3

Sobre admin

Check Also

10 consejos para mantener en perfectas condiciones los libros de tu biblioteca personal

10 consejos para mantener en perfectas condiciones los libros de tu biblioteca personal Los libros …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *