Página inicial / Fontes de Informação / Audiovisual e Artes Visuais / ‘Os editores não são concorrentes, são parceiros’, defende VP da Netflix

‘Os editores não são concorrentes, são parceiros’, defende VP da Netflix

PUBLISHNEWS

Kelly Luegenbiehl, vice-presidente da Netflix, foi a sabatinada desse ano no CEO Talk da Feira do Livro de Frankfurt

Já há alguns anos, os principais veículos de comunicação especializados na cobertura do mercado editorial no mundo aproveitam a Feira do Livro de Frankfurt para entrevistar personalidades fundamentais da indústria global do livro. Já passaram pelo CEO Talk nomes como Markus Dohle (Penguin Random House), Brian Murray (HarperCollins), John Sargent (Macmillan) e Jacob Dalborg (Bonnier).

Mas, nesse ano, os organizadores — Bookdao (China), buchreport (Alemanha), Livres Hebdo (França), PublishNews (Brasil) e Publishers Weekly (EUA) — resolveram chamar a representante de uma outra indústria do entretenimento e a convidada foi Kelly Luegenbiehl, vice-presidente de conteúdos originais da Netflix.

Durante a entrevista que ocupou o Frankfurt Pavilion numa tarde chuvosa, Kelly repetiu por diversas vezes que não vê os editores como concorrentes. “São parceiros. Não estamos em competição para saber quem faz mais rápido ou melhor. Estamos simplesmente tentando dar aos livros uma nova oportunidade, uma nova vida”, disse. “Não somos capazes de estar em todos os lugares e conhecer todos os livros, por isso, os editores e agentes são fundamentais no nosso trabalho. Eles nos ajudam a achar a próxima grande história. Quanto mais colaboração, melhor”, continuou.

Responsável pela aquisição de conteúdos em idiomas que não o inglês, Kelly reforçou também que o que interessa à Netflix são boas histórias. “Não precisa ser necessariamente um best-seller, mas uma história com personagens capazes de enriquecer os episódios de uma série”, disse. “Precisamos de histórias únicas”, completou.

A íntegra da entrevista está disponível no YouTube da Feira.

Fonte: PUBLISHNEWS

Sobre admin

Check Also

Bibliotecárias negras brasileira e colombiana produzem livro sobre epistemologias latino-americanas no campo biblioteconômico-informacional

Texto por Priscila Fevrier Qual a incidência de estudos de mulheres negras em Biblioteconomia e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *