Página inicial / Notícias / Ônibus de São José dos Campos vira biblioteca sobre rodas

Ônibus de São José dos Campos vira biblioteca sobre rodas

(Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

A Expresso Maringá, empresa responsável por parte do transporte coletivo de São José dos Campos, adotou uma iniciativa cultural em seus ônibus: as empresa montou uma biblioteca móvel dentro de alguns veículos, com diversos livros que podem ser lidos durante os percursos ou levados para casa pelos passageiros.

A iniciativa, batizada de “Cultura no Ônibus”, começou com seis ônibus, em linhas rotativas, mas a meta da Expresso Maringá é ampliar a biblioteca sobre rodas para 15 carros até o final do ano.

As estantes são feitas de pano e ficam instaladas próximas ao cobrador de cada ônibus, que é responsável por anotar o número do livro que foi retirado e, se houver, alguma devolução ou doação, também registrar essa movimentação. Os títulos são diversos, de romances a livros infantis. Alguns são clássicos, como “Pequeno Príncipe”, de Saint-Exupéry, “Arte da Guerra”, de Sun Tzu, ou “Dom Casmurro”, de Machado de Assis. Outros populares, como as revistas da “Turma da Mônica”, de Mauricio de Souza.

Para compor a biblioteca, a Expresso Maringá compra livros em sebos ou recebe doações de passageiros e funcionários da empresa. Chegando à sede da empresa, os livros e revistas são catalogados e recebem uma etiqueta de “venda proibida”.

(Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

Para o diretor da empresa, Marcos Lacerda, o objetivo do projeto é aproximar a literatura do passageiro. “Nós queremos despertar o interesse da população, que não tem tanto costume de ler”, disse. Para Lacerda, os livros também ajudam a tornar a viagem mais agradável e produtiva.

Quem quiser fazer doações para o projeto “Cultura nos Ônibus”, basta entregar o exemplar na garagem da Expresso Maringá, localizada na avenida George Eastman, 1481, Residencial 31 de Março, ou, ao embarcar em um dos ônibus incluso na ação, simplesmente colocar um livro no suporte para que outras pessoas tenham acesso a ele. Embarque nessa ideia.

Fonte: Vale News

Sobre admin

Check Also

Faculdade de Direito restaura obra rara do século 17

Projeto de restauração e pesquisa histórica recuperou a “Opera Omnia” de Duns Escoto, datada de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *