Página inicial / Biblioteconomia / Bibliotecas / Bibliotecas Públicas / Mulheres estão no centro da programação de março na Biblioteca de São Paulo

Mulheres estão no centro da programação de março na Biblioteca de São Paulo

Texto por Geyse Garcia

Este mês, a Biblioteca de São Paulo, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela Organização Social SP Leituras (entre as 100 Melhores ONGs do Brasil, pelo segundo ano consecutivo), traz uma programação repleta de oficinas, clubes de leitura e outras atividades voltadas para as mulheres. No dia 8, comemora-se o Dia Internacional da Mulher e nada mais justo e necessário do que colocá-la no centro da programação, seja como tema, seja como público-alvo.

A programação do “Leitura ao pé do ouvido”, em que frequentadores da biblioteca são convidados a ouvir a leitura de trechos de livros, traz três escritoras mulheres dos quatro previstos: a americana Angela Davis e as brasileiras Aline Bei e Jarid Arraes. Todas as sextas, das 16h30 às 17h. Veja as obras que serão lidas na programação abaixo.

A cordelista cearense Jarid Arraes também será convidada do “Segundas Intenções” deste mês, no sábado, 28, das 11h às 13h. A autora do premiado “Redemoinho em dia quente”, vencedor do APCA de Literatura na categoria contos, e dos livros “Um buraco com meu nome”, “As lendas de dandara” e “Heroínas negras brasileiras em 15 cordéis” vai falar sobre sua carreira e obra. A mediação será do jornalista Manuel da Costa Pinto.

Na “Oficina de poesia para mulheres” – a poeta, tradutora, editora e curadora literária Lubi Prates parte do gênero para pensar o lugar social determinado para os corpos de mulheres cis e transgênero. Além do gênero, serão considerados outros marcadores sociais, como raça, classe e outros elementos que contribuem para a construção pessoal e são importantes para se alcançar uma dimensão poética. Os encontros, para pessoas maiores de 16 anos, acontecerá no sábado e domingo, 14 e 15, das 10h às 12h. Veja abaixo como fazer as inscrições.

DICA

A dica do mês é o programa “Vespertino”, uma realização do Secs Santana, que inicia a série “Presença Negra na Música Erudita”, com quatro concertos dedicados a compositoras e compositores negros de todo o mundo. O pianista Hercules Gomes apresenta, no primeiro recital, um repertório voltado para música brasileira, abrangendo desde o período colonial, com o Padre José Maurício Nunes Garcia (1767-1830), até os dias atuais, com Laércio de Freitas, Moacir Santos e composições próprias, passando pelo período da formação da música brasileira, com Joaquim Callado, Patápio Silva e Pixinguinha. Será no domingo, 29, das 15h às 16h.

Sobre a BSP

A biblioteca tem programação que atende públicos de diferentes faixas etárias e interesses diversos. Com oficinas, contações de histórias, cursos e atividades como xadrez e yoga, o equipamento vai além do acervo, promovendo, sobretudo, o compartilhamento de experiências e saberes. Inaugurada em fevereiro de 2010, a BSP foi inspirada na Biblioteca de Santiago, no Chile, faz parte do SisEB (Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo) e totaliza 40 mil itens (livros, DVDs, CDs, além de jogos) no acervo. Pessoas com deficiência possuem acesso integral a todos os ambientes e podem utilizar o conjunto de audiolivros, livros em Braille e demais equipamentos de acessibilidade.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DE MARÇO NA BSP:

INFANTIL

Hora do conto” – Contação de histórias da literatura infantojuvenil, para aguçar o hábito da leitura e a imaginação das crianças. Com equipe BSP. Não é necessário inscrição.

Sextas-feiras, às 15 horas

Dia 6 – “O pássaro lapão”, de Pedro Bandeira
Dia 13 – “O cabrito que era cachorro”, de Cris Miguel e Sérgio Serrano
Dia 20 – “Bruxas enfeitiçadas”, de John Patience
Dia 27 – “As cabras”, de Cris Miguel e Sérgio Serrano

Sábados e domingos, às 16 horas.

Dia 1º – “Villa-Lobos – o maestro”, de Lucia Fidalgo. Com a Cia. Três Lunas
Dia 7 – “Procura-se: Carlinhos Coelho, o ladrão de livros”, de Emily Mackenzie. Com Recantação
Dia 8 – “As antiprincesas”, de Juana Azurduy. Com a Cia. Luarnoar
Dia 14 – “A Saga do balão”, baseado em poemas de Manuel Bandeira. Com o Grupo #BoraLê (Interpretação em Libras)
Dia 15 – “Mortina: uma história que vai fazer você morrer… de rir”, de Barbara Cantini. Com Paula Dugaich
Dia 21 – “Sementes de papel”, de  Bea e Silvia Gil. Com Irene Tanabe
Dia 22 – “Um dia, um rio”, de Leo Cunha. Com a Cia. Hespérides
Dia 28 – “Babuxa”, de Almir Correia. Com Marina Bastos
Dia 29 – “O colecionador de águas”, de Elaine Pasquali Cavion. Com a Cia.Cantando Cont

Lê no Ninho” – Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, tablets, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao fim emprestar os kits utilizados, com dois livrinhos e um fantoche, e reproduzir a experiência em casa. Sábados e Domingos, das 11h às 11h45. (nos dias 8 e 22, a atividade acontece no Parque da Juventude, dentro do programa Domingo no Parque). Com equipe BSP. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada.

Brincando e Aprendendo” – Programa que reúne intervenções, jogos teatrais, atividades rítmicas e brincadeiras educativas. A partir de 7 anos. Com equipe BSP. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada.

Quartas-feiras, das 15h às 16 horas.

Dia 4 – Corrida de bexigas
Dia 11 – Desafio: castelo de copos
Dia 18 – Estoura balões: Dia da Poesia
Dia 25 – Futebol

Pintando o 7” – Atividades para pintar, desenhar, colar e criar, inspiradas em temas literários, ecológicos e culturais, desenvolvendo assim as capacidades artísticas e criativas das crianças. A partir de 6 anos. Com equipe BSP. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada.

Quintas-feiras, das 15h às 16h.

Dias 5  e 12 – Atividades paralelas à “Exposição Invenções Gráficas na Ilustração”
Dia 19 – Confecção de foguetes
Dia 26 – Confecção de animais de papel

TODOS OS PÚBLICOS

Exposição Invenções Gráficas na Ilustração Ibero-americana – Criada a partir do Catálogo Ibero-América Ilustra (publicação realizada anualmente desde 2010 pela Fundação SM em parceria com a FIL Guadalajara – Feira Internacional do Livro de Guadalajara), a exposição tem curadoria do ilustrador Fernando Vilela, foi concebida e apresentada em 2019 no Instituto Tomie Ohtake. Visitação: terça a domingo, das 9h30 às 18h30. Até 29 de março. Parceria: Instituto Tomie Ohtake, Fundação SM e Biblioteca de São Paulo.

Jogos Sensoriais” – Divertida experiência lúdica que estimula as habilidades sensoriais e a memória, com jogos e brincadeiras para pessoas com e sem deficiência. Terças-feiras, , das 15h às 16. A partir de 11 anos. Com equipe BSP. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada.

Domingo no Parque” – Espaço de leitura para toda a família com sessões de contação de histórias, no Parque da Juventude. Não é necessário inscrição. Em caso de chuva, a atividade será realizada dentro da Biblioteca.

Dia 8

11h às 11h45 – Sessões do programa Lê no ninho. Com a equipe BSP
12h às 16h – Espaço de leitura para toda a família com sessões de contação de histórias. Com a Trupe Pitirilo

Dia 22

11h às 11h45 – Sessões do programa Lê no ninho. Com a equipe BSP.
12h às 16h – Espaço de leitura para toda a família com sessões de contação de histórias. Com Os Fabulistas

Jogos para Todos! Oficina de xadrez”: Os participantes aprendem as regras, os movimentos das peças e algumas táticas do xadrez, além de disputar partidas. Pessoas com deficiência visual dispõem de tabuleiros adaptados. Sábados, das 11h às 13h.  Com a FOX – Formação e Orientação de Xadrez. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada.

Leitura ao pé do ouvido” – Frequentadores da biblioteca são convidados a ouvir a leitura de trechos de livros, podendo conhecer assim novos autores, títulos e assuntos. Com equipe BSP. Não é necessário inscrição.

Sextas-feiras, das 16h30 às 17h

Dia 6 – “Mulheres, cultura e política”, de Angela Davis
Dia 13 – “O peso do pássaro morto”, de Aline Bei, e “Identidades”, de Felipe Franco Munhoz
Dia 20 – “O caçador de pipas”, Khaled Hosseini
Dia 27 – Aquecimento Segundas Intenções: “Um buraco com meu nome”, de Jarid Arraes

Sala de videogames” – A BSP oferece aos seus frequentadores mais uma opção de diversão, uma sala equipada com videogame, com os jogos mais legais do momento. De terça a sexta, das 9h30 às 18h. Aos sábados e domingos, das 10h às 18h. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada.

BSP até você – Projeto aproximação” – Toda semana, um grupo de funcionários realiza atividades recreativas e culturais, na quadra esportiva da Comunidade Zaki Narchi, com as crianças que ali moram. Quartas-feiras, das 10h30 às 11h30. Não é necessário inscrição.

JOVEM

Luau BSP” – O programa apresenta aos jovens temas relacionados à música, literatura, poesia, atualidade e espaço para apresentações artísticas. Com equipe BSP. A partir de 13 anos. Quintas-feiras, das 12h30 às 13h30. Não é necessário inscrição.

ADULTO

Oficina de poesia para mulheres” – Oficina de escrita poética para mulheres, cis e trans, que parte do gênero para pensar o lugar social determinado para estes corpos. Com Lubi Prates, poeta, tradutora, editora e curadora literária. A partir dos 16 anos. Sábado e Domingo, 14 e 15, das 10h às 12h. Inscrições a partir das 10h do dia 3 de março, pelo link www.bsp.org.br/inscricao

Narração de histórias e imagem narrativa” – Nesta oficina, os alunos são iniciados na arte da narrativa oral, formando uma roda de histórias. Na segunda parte, os participantes criarão uma narrativa ilustrada, utilizando desenho e colagem para criar um livro coletivo. Stela Barbieri é autora de 24 livros infanto juvenis. Como artista expôs no Brasil e exterior e tem obras nas coleções do Centro Cultural São Paulo em outros museus. É assessora de artes da educação infantil e ensino fundamental na escola Vera Cruz  e atualmente faz parte do conselho da Pinacoteca do Estado de São Paulo. Fernando Vilela publicou mais de 90 livros ilustrados em dez países, dentre os quais 20 são de sua autoria. Realizou diversas exposições no Brasil e no exterior e possui obras em importantes coleções, como a do Museum of Modern Art (MoMA) de Nova York e da Pinacoteca do Estado de São Paulo. A partir de 16 anos. Sábado, 21, das 14h às 17h30. Inscrições a partir das 10h do dia 21 de fevereiro, pelo link www.bsp.org.br/inscricao

Clube de Leitura 6.0” – Destinado ao público com mais de 60 anos, os encontros terão leituras e discussões de livros lidos por meio de tablets fornecidos pelo projeto. Em seguida, acontecem as rodas de conversa com sessões de biblioterapia. Uma iniciativa da Fundação Observatório do Livro e da Leitura, com apoio da SP Leituras. A partir de 60 anos. Terças-feiras, do dia 17 de março a 22 de dezembro, das 14h às 16h. Observação: não é necessário ter tablet. Inscrições a partir das 10h do dia 5 de março, pelo link www.bvl.org.br/inscricao, diretamente no balcão de atendimento da biblioteca ou pelo telefone (11) 2089-0800. Formação de turma com mínimo de 10 participantes.

Compartilhando saberes: Yoga” – Em ambiente aconchegante e inspirador você poderá desfrutar desta prática milenar, que promove o bem-estar e a melhora da qualidade de vida. As aulas de Hatha Yoga serão direcionadas com posturas e técnicas simples, que podem ser praticadas por qualquer pessoa, e contemplam o trabalho dinâmico do corpo (alongamento – fortalecimento muscular – equilíbrio), a concentração na respiração e o relaxamento. Recomenda-se que os praticantes ingiram apenas alimentos leves antes da aula e usem roupas confortáveis. Com Amanda Velloso. Sábados, 14, 21 e 28, das 10h às 11h30. Vagas limitadas, preenchidas por ordem de chegada.

Sarau na BSP: Literatura, canto e poesia”. Com o Grupo de Poetas Cantores e Declamadores Independentes de São Paulo. Domingo, 15, das 14h30 às 16h30.
Coordenação de Terezinha Rocha. Não é necessário inscrição.

Clube de Leitura” – A obra a ser discutida este mês é “1984”, de George Orwell”. Todos os meses a BSP seleciona um livro e propõe a discussão de detalhes da história com os leitores da obra, incentivando assim o encontro de pessoas, o debate literário e o hábito da leitura. Com equipe BSP. Quinta-feira, 19, das 15h às 17h. Não é necessário inscrição.

Segundas Intenções” – Bate-papo com a cearense Jarid Arraes, cordelista, poeta e autora do premiado “Redemoinho em dia quente”, vencedor do APCA de Literatura na categoria contos, e dos livros “Um buraco com meu nome”, “As lendas de dandara” e “Heroínas negras brasileiras em 15 cordéis”. Mediação de Manuel da Costa Pinto. Sábado, 28 de março, das 11h às 13h. Não é necessário inscrição. Estudantes universitários podem pedir certificado de participação.

Vespertino” – A série “Presença Negra na Música Erudita” apresenta no primeiro semestre de 2020 compositoras e compositores negros de todo o mundo. O pianista Hercules Gomes apresenta, no primeiro de quatro concertos, um repertório voltado para música brasileira, abrangendo desde o período colonial, com o Padre José Maurício Nunes Garcia (1767-1830), até os dias atuais, com Laércio de Freitas, Moacir Santos e composições próprias, passando pelo período da formação da música brasileira, com Joaquim Callado, Patápio Silva e Pixinguinha. Domingo, 29, das 15h às 16h. Não é necessário inscrição. Realização Sesc Santana.

Curso de Libras – Módulo básico” – Indicado para quem deseja iniciar o estudo da Língua Brasileira de Sinais, com o objetivo de ampliar as possibilidades de comunicação e interação social e profissional com surdos. Aulas ministradas com professor ouvinte e surdo, metodologia bilingue Libras-português. Com Thalita Passos e Luana Milani. A partir de 16 anos. Quartas e sextas-feiras, entre os dias 4 e 25, das 14h às 17h30. Inscrições pelo link www.bsp.org.br/inscricao

DE OLHO NAS INSCRIÇÕES

Curso de narração de narração de histórias” – O curso trabalha a potencialidade das narrativas de literatura oral e aspectos relativos à comunicação e expressão.  O conteúdo programático abordará os vários tipos de histórias – como lendas, mitos, fábulas, história de origem, contos de fadas, entre outros -, a relação com a música, técnicas como interpretação, oralidade e improvisação, e o papel do contador de histórias ao longo da história universal. A partir de 16 anos. Quartas-feiras, dias 1, 8, 15, 22, 29 de abril, e dias 6, 13 e 20 de maio, das 14h30 às 17h30. Realização: Arte Despertar em parceria com a Biblioteca de São Paulo. Iniciativa financiada via ProAC – ICMS. Inscrições a partir das 10h do dia 13 de março, pelo link www.bsp.org.br/inscricao

Serviço:

Biblioteca Parque Villa-Lobos

Av. Queiroz Filho, 1.205 – Alto de Pinheiros, São Paulo / SP.

Telefone: (11) 3024-2500.

Funcionamento: terça a domingo (fechado às segundas), das 9h30 às 18h30.

Todas as atividades são gratuitas.

www.bvl.org.br

Fonte: Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo

Sobre admin

Check Also

Campanha de conciliação 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *