Página inicial / Notícias / Mafalda ganha nova compilação totalmente dedicada ao feminismo

Mafalda ganha nova compilação totalmente dedicada ao feminismo

Depois de ganhar tradução para o guarani, as tirinhas da Mafalda conquistaram uma compilação totalmente dedicada ao feminismo. Sempre contestadora, a personagem de Quino busca colocar o dedo na ferida e ressaltar algumas das contradições da nossa sociedade, ainda tão longe da igualdade de gênero.

A antologia Mafalda: Femenino Singular, é uma publicação da editora Lumen. A ideia para o livro surgiu após imagens da personagem aparecerem em faixas durante manifestações feministas ocorridas na Espanha em 2018.

“O ruim da grande família humana é que todos querem ser o pai”

O volume conta com 140 páginas e sai por € 11,90 (impresso) ou € 7,99 (e-book) – mas, infelizmente, só está disponível em espanhol. Com um humor ácido, a menina pergunta o que a mãe acha sobre o movimento feminista, enquanto essa limpa a casa; brinca de bonecas para “levar passear o instinto” e não perde a oportunidade de criticar a masculinidade tóxica dos amiguinhos.

Espia só alguns dos quadrinhos que você encontra na compilação:

Miguelito -Que estranho, Mafalda! Você brincando de mamãe?
Mafalda – Bom… é isso mesmo!
Mafalda – De vez em quando convém levar o instinto para passear um pouco”

“MAMÃE, QUE Futuro você vê a esse movimento pela liberação d….”

“E isso que os roteiristas das telenovelas têm a delicadeza de não mostrar os protagonistas quando as contas de luz, telefone, impostos municipais, gás, plano de saúde chegam no meio de seus dramas românticos”

Susanita – Ai, ai! Como conversamos! E que delicioso seu chá, senhora Mafalda”
Mafalda – Obrigada, senhora Susanita
Susanita – E me conta: tem alguma fofoca sobre o que nos traz a moda para essa temporada?
Mafalda – Bem, segundo eu li… Parece que segue levando muita injustiça, claro que com umas bestialidades ao viés muito boas, isso sim!
Susanita – Não sei por que algumas pessoas se metem a brincar de senhoras se não sabem manter a idiossincrasia!”

Manolito – E além disso, isso de que um cara deixe o cabelo comprido não é coisa de homem. Que piada!
Mafalda – Você me convenceu, Manolito. Realmente, há que ver como é masculino se preocupar com o comprimento do cabelo dos outros! Você vê? É disso que esse país precisa! Homens que se preocupem com temas transcendentais como esse… E não idiotas que se importem com o que é importante.”

Fonte: hypeness

Sobre admin

Check Also

DECLARAÇÕES DE SIGNIFICÂNCIA

Nos arquivos não existem documentos raros, como ocorre nas bibliotecas e nos museus. O processo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *