Em São Paulo – De 6 a 10 de fevereiro, poderá ser visto no Teatro do Sesc Vila Mariana o “Macunaíma Ópera Tupi – Trans_criação”, um musical de Iara Rennó baseado na obra de Mário de Andrade.

Para comemorar os 90 anos de Macunaíma – O Herói Sem Nenhum Caráter, obra essencial de Mário de Andrade, a “Ópera Tupi”, de Iara Rennó, ganha nova montagem. São 22 artistas no palco, onde se fundem música, teatro, dança e interações audiovisuais.

Durante a apresentação, juntam-se à interpretação das músicas um grupo de atores e bailarinos que encenam a história musicada do herói Macunaíma.

Ao longo da trama, o personagem é interpretado por diversos artistas, como Aretha Sadick, Jaider Esbell e a própria Iara. A cantora, além de incorporar o protagonista, interpreta Ci, amor do herói, a sereia Uiara e a feiticeira Circe.

Com direção artística compartilhada entre Iara e Gert Seewald, o espetáculo se apropria, além do texto original, de trechos de cartas do autor, de citações de nomes como Micheliny Verunshk, Toni Morrison e Tom Zé e de fragmentos de obras como a epopeia “Odisseia”, de Homero, “O Príncipe”, tratado político de Nicolau Machiavel, e o manifesto “Poesia Pau-Brasil”, do escritor Oswald de Andrade.

O repertório musical do espetáculo é composto basicamente pelas canções do disco Macunaíma Ópera Tupi (Selo SESC, 2008), que terá lançamento digital em todas as plataformas, também pelo Selo SESC, em 2019.

Os ingressos variam de R$ 9 a R$ 30 e podem ser adquiridos nas Unidades ou pelo Portal do Sesc. (Carta Campinas com informações de divulgação)

Ficha técnica
Elenco:
Aretha Sadick como Macunawoman Trans_mito
Pascoal da Conceição como Mário de Andrade e o Gigante Piaimã
Iara Rennó como Makunaimãe, Ci, Uiara, Circe
Jaider Esbell como Makunaimã Xamã
Luz Marina como Maanape
Negravat como Jiguê e Uiara

Banda:
Curumin- bateria, sampler e voz
Simone Sou – percussão e vocal
Guilherme Held – guitarra
Daniel Gralha – trompete
Edy do Trombone – trombone e percussão
Aline Falcão – baixo synth e teclados

Corpo de Baile:
Regina Santos – coreografia e performance
Janette Santiago – coreografia e performance
Luciane Ramos-Silva – coreografia e performance
Mia Omori – performance
Ana Maira Favacho – performance
Silvana de Jesus – performance

Cordas:
Luiz Amato – violino
Alexandre Cunha – violino
Alexandre Mazak – viola
Sérgio Schreider – violoncelo

Concepção, música, pesquisa e adaptação de textos: Iara Rennó
Direção Artística: Iara Rennó e Gert Seewald
Dramaturgia: Iara Rennó e Gert Seewald
Colaboração de texto e roteiro: Carol Ribeirinha
Colaboração dramatúrgica: Bruno Siniscalchi
Direção Musical: Iara Rennó
Arranjos de base: banda
Arranjo de cordas: Arrigo Barnabé (Mandu Sarará), Dante Ozzetti (Jardineiro e Naipi); Luiz Amato (Rudá); Iara Rennó (Macunaíma)
Transcrição e adaptações para cordas: Luiz Amato
Coreografias: Regina Santos, Janette Santiago, Luciane Ramos
Cenografia: Gert Seewald
Figurinos: Ísis Cecchi
Video mapping: Ligalight
Obras projetadas: desenhos de Jaider Esbell
Iluminação: Miwi
Projeto gráfico: Rodrigo Barja
Fotos da arte (Iara): José de Holanda
Direção de arte da pintura corporal (Iara) nas fotos da arte: Ricardo Castro
Pintura corporal fotos arte: Lau Neves
Produção Executiva: Paloma Espíndola e Josie Rodrigues
Produção administrativa: Paloma Espíndola
Comunicação: Carola Gonzales
Realização: SESC São Paulo e MacunaÓpera Produções Artísticas

Duração: 150 minutos

Local: Teatro

Limitado a 4 ingressos por pessoa.

Fonte: Carta Campinas