Página inicial / Notícias / Lobato entra para domínio público em 2019

Lobato entra para domínio público em 2019

Correndo contra o tempo, editora Globo lançará mais um livro do escritor taubateano: ‘Viagem ao Céu’

Aproveitando os últimos momentos de exclusividade sobre a obra de Monteiro Lobato, a editora Globo lança a edição de luxo do livro “Viagem ao Céu”, publicado originalmente em 1932.

Trata-se do quinto título da obra do autor taubateano voltado para colecionadores. A editora já lançou no formato “Memórias da Emília” (2017), “O Saci” (2016), “Caçadas de Pedrinho” (2015) e “Reinações de Narizinho” (2014).

Na trama do novo título, Dona Benta resolve ensinar astronomia a Pedrinho, Narizinho e Emília. Da varanda de casa, eles observam o céu cheio de estrelas e falam sobre os homens sábios que se dedicaram a estudar os mistérios da ciência do universo.

E, graças ao poder mágico do pó de pirlimpimpim, eles viajam pela Via Láctea, passam pela Lua, pelos planetas e constelações. A obra mistura o saber popular da Tia Nastácia, a erudição de Dona Benta e o poder da imaginação das crianças.

Vale ressaltar, claro, que a obra foi escrita anos antes do homem pisar na Lua (1969).

DOMÍNIO/ Em 2007, a editora Globo assinou contrato com herdeiros de Lobato. O acordo pôs fim a um complicado relacionamento entre a família e a editora Brasiliense, que, segundo os herdeiros à época, fazia 40 anos que não atualizava a obra do autor, conforme relataram ao jornal ‘Estado de S.Paulo”.

A partir de 1º de janeiro de 2019, toda a obra de Lobato passa para Domínio Público – 70 anos de sua morte – algo, aliás, muito aguardado pelo mercado editorial, uma vez que, a partir do ano que vem, todas as editoras poderão publicar seus títulos sem ter de pagar direitos aos herdeiros.

EXTRA/ “Viagem ao Céu” conta com ilustrações originais (históricas!) de quatro artistas: Jean Gabriel Villin, J. U. Campos, André Le Blanc e Augustus.

Até o final do ano, outros dois livros serão disponibilizados nas livrarias: “A Reforma da Natureza”, originalmente de 1941, e “Urupês”, que completa 100 anos em 2018.

BIO/ Lobato nasceu em Taubaté, em 1882. Formado em Direito, foi escritor, jornalista, tradutor, editor e empresário.

Fundou sua própria editora, publicou inúmeros livros para adultos, e, em 1920 lançou seu primeiro livro infantil, “A menina do nariz arrebitado”. Foi a partir daí que começaram a nascer histórias do Sítio do Picapau Amarelo.

O escritor colocou, ainda, luz sobre costumes da roça, lendas do folclore nacional e a mitologia grega. Morreu em São Paulo, em 4 de julho de 1948, sendo considerado o pai da literatura infantil no país.

Fonte: Gazeta de Taubaté

Sobre admin

Check Also

Com HQ sobre escravidão, brasileiro concorre a maior prêmio dos quadrinhos

Marcelo D’Salete é único do país a concorrer ao Eisner, entregue na próxima sexta (20) …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *