Página inicial / Biblioclastia e Censura / Livros de ativistas pró-democracia desaparecem de bibliotecas em Hong Kong

Livros de ativistas pró-democracia desaparecem de bibliotecas em Hong Kong

Títulos são retirados do catálogo de bibliotecas públicas após entrada em vigor de nova lei de segurança imposta pela China. “Hong Kong vive, agora, numa sociedade orwelliana do século 21”, denuncia ativista.

O ativista Joshua Wong apontou que dois de seus livros foram retirados do catálogo das bibliotecas do território

Livros de autoria de ativistas pró-democracia de Hong Kong têm sido retirados do catálogo das bibliotecas públicas do território, mostram sistemas de consultas online, dias após a entrada em vigor de uma rígida lei de segurança nacional imposta pelo governo chinês.

Entre os livros que foram retirados estão títulos escritos por Joshua Wong, um dos ativistas pró-democracia mais conhecidos da cidade, e Tanya Chan, uma parlamentar filiado ao Partido Cívico, uma legenda liberal e pró-democrática. Ambos ganharam proeminência em 2014 durante a Revolução dos Guarda-chuvas, como ficou conhecida a série de protestos para pedir eleições livres no território.

De acordo com o jornal South China Morning Post, pelo menos nove títulos sumiram das bibliotecas. Entre eles estão títulos do acadêmico Chin Wan, considerado o ideólogo do movimento para a autonomia de Hong Kong.

Joshua Wong foi o primeiro ativista a chamar a atenção para a remoção dos seus livros neste domingo (05/07). “Menos de uma semana após a implementação da Lei de Segurança Nacional, as bibliotecas públicas de Hong Kong começaram a colocar os livros em revisão e a suspender os empréstimos, incluindo dois dos meus livros, publicados em 2013 e 2015”, escreveu Wong no Twitter, ilustrando a mensagem com a foto da pesquisa no site rede de bibliotecas do território. “Hong Kong vive, agora, numa sociedade orwelliana do século 21”, completou.

Acesse a matéria completa em Deutsche Welle

Sobre admin

Check Also

Projeto de leitura para pessoas acima de 60 anos está com inscrições abertas em Itapetininga

Segundo a prefeitura, a iniciativa é totalmente digital e segura. Acervo virtual possui mais de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *