Página inicial / Notícias / Livro que pertenceu a Hitler revela “solução final” para o Canadá

Livro que pertenceu a Hitler revela “solução final” para o Canadá

Um livro raro, que pertenceu a Adolf Hitler, acaba de ser adquirido pela Biblioteca e Arquivos do Canadá, uma instituição que se dedica a preservar a memória do país. Segundo os investigadores, a obra revela os planos nazis para o Canadá e para a América do Norte durante a II Guerra Mundial.

A “solução final” foi um nome-chave dado ao objetivo dos nazis de levar a cabo um genocídio contra os judeus. A obra foi escrita por um investigador nazi que passou algum tempo nos Estados Unidos antes do início da II Guerra Mundial, refere o The Independent.

O livro raro, do qual restam apenas poucos exemplares, foi comprado no ano passado e apresentado ao público na última quarta-feira. Segundo os curadores, a aquisição vai ajudar a preservar uma parte crítica da história canadiana e chega num momento em que o antissemitismo cresce no país.

Publicado em 1944 pelo alemão Heinz Kloss, o livro é um retrato detalhado dos judeusque residiam em ambos os países e é também um vislumbre dos planos nazis, caso o regime ganhasse o controlo sobre o continente americano.

Os curadores acreditam que este livro era parte do acervo da biblioteca de Adolf Hitler, no seu refúgio nos Alpes bávaros, mas que terá sido levado por soldados aliados que estiveram no local após a derrota nazi.

O autor do livro, que trabalhou diretamente para o Terceiro Reich, destaca na obra os planos nazis para uma eventual presença na América do Norte. As principais cidades do Canadá, incluindo Montreal e Toronto, estão na lista incluída na obra, assim como pequenas comunidades como Trois-Rivières, que naquela época tinha uma população judaica de apenas 52 pessoas.

Michael Kent, curador da Biblioteca e Arquivos do Canadá, compara esta nova aquisição da biblioteca ao Livro Negro, que tinha uma lista de residentes britânicos identificados como alvos, no caso de uma invasão bem sucedida do nazismo no Reino Unido. “Este livro mostra que os horrores da II Guerra Mundial foram bem pensados e analisados.”

Além disso, Kent refere que a aquisição deste livro ocorre numa época crucial, em que os académicos alertam para o aumento da ignorância entre os canadianos em relação ao Holocausto. Um estudo recente indicou que mais de metade dos adultos canadianos não sabem que mais de seis milhões de judeus foram mortos durante o Holocausto.

Espera-se que este livro seja usado pelos arquivos para fins educacionais e para combater uma tendência recente de discursos de ódio que vem surgindo nos Estados Unidos e no Canadá.

Fonte: ZAP

Sobre admin

Check Also

CCJ aprova proteção para funcionários de bibliotecas e museus

Divulgação/Fundação de Arte de Ouro Preto-MG Proposta permite que profissionais recebam adicional de insalubridade A …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *