Página inicial / Biblioteconomia / Bibliotecas / Bibliotecas Públicas / Literatura e mundo geek são as atrações da 1ª Festa Literária de Jundiaí

Literatura e mundo geek são as atrações da 1ª Festa Literária de Jundiaí

Evento trouxe 53 expositores, entre artistas plásticos, cosplayers, ilustradores, caricaturistas, quadrinistas e escritores no Parque da Uva

Por 

Jundiaí recebe 1ª Festa Literária com programação gratuita

Literatura e mundo geek são as atrações da 1ª Festa Literária de Jundiaí (Foto: Reprodução/Prefeitura de Jundiaí)

 Neste sábado (9), o Parque da Uva recebeu mais um evento da Festa Literária de Jundiaí (FLIJ), que começou no dia anterior e terá, até o dia 15, uma extensa programação gratuita pela cidade.

O objetivo do evento é incentivar o hábito da leitura entre crianças, jovens e adultos e é uma realização da Unidade de Gestão de Cultura (UGC) da Prefeitura e do Conselho Municipal de Política Cultural, por meio da Câmara Setorial de Literatura e apoio das demais Câmaras.

Esta edição da Festa tem como curadora Rosana Congílio e homenageia as escritoras Júlian Heimann e Mariazinha Congílio (está “in memorian”). O evento deste sábado se repete no domingo (10), também no Parque da Uva.

Neste fim de semana, a 13ª JundComics, que trouxe 53 expositores, entre artistas plásticos, cosplayers, ilustradores, caricaturistas, quadrinistas, entre outros, além de cerca de 30 autores literários que também estavam presentes para a realização da 1ª Festa Literária.

Responsável pela organização da JundComics, o ilustrador Ede Galileu contou que aguarda até este domingo a passagem de cerca de 5 mil pessoas pelo Parque da Uva, para prestigiar não só os expositores, como as demais atrações programadas para o evento.

“Entre nossas palestras, conseguimos trazer nomes como Marcio Antonio Cortez, que é ilustrador de literatura em quadrinhos; pockets shows como o do Harry Potter, e apresentação de bandas, como a Ryusei, que tem um repertório baseado em temas de séries, animes e videogames”, diz, lembrando que no domingo (10), às 14h, a palestra “Quadrinhos e Literatura Fantástica” será feita pelo quadrinista e escritor Tiago Zanetic.

Rosana Congílio, que assim como Ede Galileu integra o Conselho Municipal de Política Cultural de Jundiaí, contou estar empolgada com a realização da 1ª FLIJ. “Esta mistura de públicos é uma oportunidade de troca, de conhecimento, e de possibilidades de termos nomes como Júlia Heimann, que é uma das nossas homenageadas, Élvio Santiago, e tantos outros interagindo com autores mais jovens, com artistas do cenário de quadrinhos. Isso é muito positivo”, destacou.

Mistura de públicos

A estudante autodidata de desenhos, Giovanna Montrés, de 14 anos, pediu à mãe que a levasse ao Parque para participar da JundComics. “Adoro o universo geek e não queria perder a oportunidade”, disse.

O artista plástico, Elbert Alves da Cunha, 24 anos, llevou algumas de suas esculturas para a mostra e aproveitava o público presente para explicar um pouco de sua técnica de modelagem, realizada em massa clay. “Acho muito importante eventos como este, porque é uma forma do público conhecer o nosso trabalho.”

Já na parte literária, a romancista histórica Tuka Vilhena estava ansiosa para apresentar sua mais nova produção literária, o romance “Honra ou Traição”. “A história se passa na Escócia, em 1359, e vou lançar aqui na FLIJ, que é uma ótima oportunidade para que o público da cidade conheça os talentos daqui. Eu, por exemplo, sou aqui de Jundiaí, mas vendo muito mais meus livros pela internet”.

Para conferir toda a programação de eventos da 1ª FLIJ, clique aqui.

Sobre admin

Check Also

Você sabia que existe um mercado potencial para Catalogação além das bibliotecas?

Texto por Rachel Lione A catalogação é uma das competências técnicas mais antigas e peculiares …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *