Página inicial / Biblioteconomia / Bibliotecas / Bibliotecas Particulares / LibraryThing: software para pequenas bibliotecas

LibraryThing: software para pequenas bibliotecas

Olá. Meu nome é Moreno, eu sou um dos editores do blog Bibliotecários Sem Fronteiras. Ao longo dos anos um dos posts mais procurados do blog é uma lista de softwares de automação de bibliotecas, incluindo softwares proprietários, livres, aplicativos, softwares de grande, médio e pequeno porte.

Qual software é o melhor para a minha biblioteca? Essa é uma das dúvidas mais comuns de quem possui uma coleção de livros que começa a ficar grande demais; ou quem está começando a trabalhar em uma nova biblioteca que ainda não foi automatizada; quem trabalha com pequenos acervos e deseja migrar de um software a outro; alguém que simplesmente deseja começar a catalogar uma pequena biblioteca.

Após testar inúmeras ferramentas e softwares disponíveis, dentre eles os conhecidos Biblivre, Wininis, Koha, aplicativos como Libib, redes como Goodreads, entre outros, a minha recomendação para pequenas bibliotecas que desejam organizar e gerenciar livros, usuários e empréstimos é o LibraryThing.

O LibraryThing possui todas as funcionalidades principais presentes nos demais softwares mas com um foco maior nos módulos de catalogação e OPAC, essenciais aos bibliotecários. Além disso ele é um sistema baseado na web, não requer instalação ou atualizações, basta ter um computador com acesso à internet. O LibraryThing oferece a possibilidade de importar dados do Amazon e de aproximadamente 5 mil bibliotecas ao redor do mundo, em formato Marc, XML, CSV, metadados em padrão Dublin Core, classificação CDD e interoperabilidade z39.50. O catálogo online funciona em paralelo ao LibraryThing, se chama TinyCat, e oferece um painel administrativo para controle de usuários e empréstimos. O LibraryThing possui uma versão gratuita e oferece planos pagos, dependendo do tamanho da biblioteca.

Neste curso vamos ver como funciona o LibraryThing, suas vantagens, desvantagens, recursos, e entender por que ele é uma ótima escolha para a gestão de bibliotecas de pequeno porte.

O curso ficará aberto gratuitamente por 14 dias (a partir de hoje, dia 19 de março). Aproveite o tempo de quarentena e atualize-se.

Fonte: Class Cursos

Sobre admin

Check Also

Ontologia Aplicada: o humano na fronteira da transformação digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *