Página inicial / Leitura / Leitura Digital / Leitura tecnológica

Leitura tecnológica

Texto por Marília Paiva

Hábito se beneficia da transformação digital

A pandemia do novo coronavírus interferiu profundamente no cotidiano de milhares de pessoas no mundo. A tecnologia se tornou muito importante nesse período de isolamento social, pois encurta distâncias com a comunicação entre familiares e amigos, proporcionando momentos de diversão com atividades recreativas.

Muitas pessoas aproveitam para investir na leitura, dando uma chance a livros guardados, enquanto outros apostam em versões digitais. Mais do que nunca, as ferramentas tecnológicas e as bibliotecas, vistas como rivais, atuam em conjunto na promoção dos hábitos de leitura.

A imersão cada vez maior da população no uso de eletrônicos levou muitos a apostaram que era apenas uma questão de tempo para o hábito de leitura de livros impressos ser extinto. E, assim como as cartas se transformaram em mensagens de texto e visitas a amigos em ligações por telefone, o livro seria esquecido. Felizmente, não foi o que aconteceu.

Os equipamentos eletrônicos se tornaram também ferramentas de leitura, propiciando conforto ao usuário e algumas vantagens: os e-books podem ser acessados do próprio celular ou computador; alguns aparelhos, como o Kindle, ainda apresentam diversas opções de tela, permitindo até mesmo redução de brilho, para parecer uma página impressa. No fim das contas, muitos utilizam o livro físico e as versões digitais.

Com o isolamento social e a impossibilidade de visitar as bibliotecas, a tecnologia cumpre um papel fundamental de continuar permitindo o hábito da leitura, durante a reclusão. A leitura de livros, sobretudo de literatura, pode ajudar a acalmar a mente, já que, com tantas notícias reais e ruins sendo bombardeadas em todas as mídias, é normal algumas pessoas sofrerem com a ansiedade e a preocupação.

A leitura propicia uma viagem a outros mundos, a outras experiências, incentivando a imaginação, distraindo dos problemas da vida real, ou até mesmo ensinando sobre a experiência da humanidade em outros momentos difíceis. As bibliotecas, mesmo fechadas, também cumprem um importante papel com livros digitais gratuitos, selecionando e divulgando pesquisas e dados relevantes sobre a Covid-19, fazendo contação de histórias para crianças e orientando seus usuários sobre acesso a benefícios emergenciais etc.

O leitor contemporâneo, com acesso à Internet, tem possibilidade de fazer escolhas de forma mais prática, podendo selecionar a obra, como e onde vai ler, inclusive, acessando um acervo imenso de livros digitais de acesso livre e gratuito. Outra vantagem desse tipo de livro é a acessibilidade, uma vez que existem audiolivros e opções de aumento de tamanho da fonte, que permitem a inclusão de pessoas com deficiência visual, garantindo a inserção dessa parcela da população no ambiente literário.

Fonte: O Tempo

Sobre admin

Check Also

DO BALCÃO DA BIBLIOTECA À BANCADA DO PARLAMENTO

A participação de profissionais da biblioteconomia na política partidária no Brasil Texto por Carlos Wellington …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *