Página inicial / Notícias / Inédita no Brasil, exposição imersiva de Da Vinci combina arte e tecnologia

Inédita no Brasil, exposição imersiva de Da Vinci combina arte e tecnologia

‘Leonardo da Vinci – 500 Anos de um Gênio’ inaugura o MIS Experience em São Paulo – primeiro local artístico de imersão na América Latina

POR ÉRICA CARNEVALLI

Sala com telões de alta definição da exposição Leonardo da Vinci - 500 Anos de um Gênio, no MIS Experience (Foto: Época Negócios)

Depois de 500 anos de sua morte, as obras de Leonardo da Vinci ganham um novo visual. A Mona Lisa e a Última Ceia são algumas das obras primas projetadas em diversos telões de alta definição que ocupam a sala, do teto ao chão, acompanhadas por trilhas sonoras.

A experiência imersiva faz parte da exposição Leonardo da Vinci – 500 Anos de um Gênio, que chega pela primeira vez no Brasil para inaugurar o MIS Experience. A mostra começa no dia 2 de novembro e vai até 1º de março, em São Paulo (SP).

O novo espaço do Museu de Imagem e Som (MIS) ocupa uma antiga marcenaria em desuso, após um investimento de R$ 8,5 milhões das empresas FiatValeSabesp, Pirelli, Bradesco Cielo.

Segundo Marcos Mendonça, diretor geral do MIS, o MIS Experience é o primeiro local artístico de imersão na América Latina, seguindo tendência de países europeus. “O objetivo é ser um espaço inovador que misture arte e tecnologia para levar uma nova experiência para o público”, diz.

A primeira exposição resume a proposta do novo espaço: interação e imersão. Em 18 áreas temáticas, o público pode ver de perto detalhes das obras de Da Vinci, como pinturas, esculturas, réplicas de máquinas militares e roupas.

Exposição conta com réplicas das máquinas e desenhos feitos por Da Vinci (Foto: Época Negócios)

Para recriar as obras do artista italiano, a exposição usa um sistema desenvolvido pela Grande Exhibitions, responsável pelo projeto, que combina animações multicanal, projetores de alta definição e sons para complementar a experiência do público.

Além de ser projetada, diversas versões da Mona Lisa ainda são expostas em uma sala exclusiva, onde o público pode conferir cada parte da pintura em versões amplificadas. As imagens foram possíveis graças a câmera multiespectral desenvolvida por Pascal Cotte, engenheiro e fotógrafo do Museu do Louvre, na França. Cotte analisou digitalmente cada pigmento da pintura até chegar aos tons originais da obra feita por Da Vinci no século XVI.

Da esquerda para a direita, a versão atual da Mona Lisa e a versão original de quando foi pintada por Leonardo Da Vinci (Foto: Época Negócios)

Uma versão menor da Leonardo da Vinci – 500 Anos de um Gênio está em exibição em Roma, na Itália. Mas, segundo Bruce Peterson, CEO da Grande Exhibitions, essa é a maior versão da exposição desde a sua criação, em 2006.

A expectativa é que a mostra quebre recorde de público do MIS – na pré-venda já foram vendidos mais de 14 mil ingressos. As entradas podem ser compradas pela internet.

De acordo com Mendonça, depois da temporada das obras de Da Vinci, o MIS Experience se tornará um espaço para exibições mais modernas e tecnológicas locais. “Queremos que o espaço seja uma oportunidade de trazer visibilidade para artistas brasileiros no país e no mundo”, afirma.

Quer receber as notícias de Época NEGÓCIOS pelo WhatsApp? Clique neste link, cadastre o número na lista de contatos e nos mande uma mensagem. Para cancelar, basta pedir.

Fonte: Época Negócios

Sobre admin

Check Also

Biblioteca de São Paulo está na região de novo tombamento da capital paulista

POR SPLEITURAS A Biblioteca de São Paulo está na região de novo tombamento na capital paulista. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *