Página inicial / Mercado Editorial / Idealizada por mulheres, livraria Megafauna tem curadoria diversa em SP

Idealizada por mulheres, livraria Megafauna tem curadoria diversa em SP

Localizada no Copan, prédio histórico no centro da capital paulista, a livraria pretende manter programações culturais voltadas à difusão do livro

Livraria Megafauna em São Paulo (Foto: Divulgação)

Codirigida por Fernanda Diamant e Irene de Hollanda e tendo em seu quadro de funcionárias a maioria de mulheres, a livraria Megafauna — Livros no Centro nasce com a proposta de expandir a ideia de livraria, criando um espaço de reflexão, curadoria e criação de conteúdo no centro de São Paulo.

Localizada no térreo do Copan, um dos edifícios mais icônicos da capital, a livraria, que foi idealizado pelas editoras Fernanda Diamant e Maria Emília Bender, pela arquiteta Anna Ferrari, pelo empresário Arthur Mello e pelo bibliófilo e veterinário Thiago Salles Gomes, pretende manter programações culturais voltadas à difusão do livro e, de forma mais ampla, à literatura, às artes, às ciências.

A arquiteta Anna valorizou o projeto arquitetônico original ao reativar a passagem da livraria para a galeria do prédio e também ao sublinhar a relação do local com a cidade, com amplas portas e possibilidade de circulação entre a rua e a galeria. Todo o projeto foi pensado em detalhes: a madeira das estantes; as vitrines voltadas para a rua; os espaços para palestras e apresentações; a maneira como os títulos são expostos; a seleção de livros que compõem o catálogo e que prioriza não seu apelo comercial, mas a bibliodiversidade e a relevância das edições escolhidas; e chama a atenção de quem passa por lá.

Leia a matéria completa publicada pela Marie Claire

Sobre admin

Check Also

Comunicado Anuidade Pessoa Física 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *