Página inicial / Notícias / IA pode ser considerada autora de dois produtos patenteados

IA pode ser considerada autora de dois produtos patenteados

Entretanto, especialistas entendem a atribuição de direitos autoriais a uma máquina como imprudente

Da Redação

Foto: Shutterstock
A automação tem sido encarada como uma via de eficiência das companhias que buscam digitalização e, ao mesmo tempo, endossa o temor de que eliminará um sem número de empregos. Mas a tecnologia teria capacidade de criar propriedade intelectual?

Uma equipe internacional liderada pelo professor de direito da Universidade de Surrey, Ryan Abbot, registrou os primeiros pedidos de patentes para duas invenções criadas autonomamente por inteligência artificial. As informações são da Fast Company.

O sistema responsável pelas invenções é chamado de DABUS, anteriormente conhecido por criar arte surrealista. Projetado por Stephen Thaler, o robô foi desenvolvido para apresentar novas ideias, revelando recentemente dois produtos inovadores: um recipiente para alimentos que pode mudar de forma e uma lanterna que emite luz piscante para chamar a atenção em situações de emergência.

Embora os órgãos responsáveis pelo registro de patentes no Reino Unido e na União Europeia tenham aceitado que os pedidos atendam ao padrão “novo, inventivo e aplicável industrialmente”, a questão sobre um sistema de IA ser responsável por uma patente ainda não foi considerada.

Alguns especialistas entendem a atribuição de direitos autoriais a uma máquina como imprudente, já que podem haver complicações de natureza legal geradas dessa situação.

Fonte: IT Mídia

Sobre admin

Check Also

Ler com a ponta dos dedos e com os ouvidos

PUBLISHNEWS, REDAÇÃO Dorina Nowill encomenda pesquisa ao Datafolha para saber o perfil leitor das pessoas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *