Página inicial / Notícias / HQ que conta história de Carolina de Jesus ganha prêmio internacional

HQ que conta história de Carolina de Jesus ganha prêmio internacional

 A graphic novel conta a infância pobre da escritora, sua vida sofrida, fama e seu esquecimento

Por: Isabela Alves

Carolina Maria de Jesus foi uma escritora brasileira que se tornou um fenômeno literário na década de 60, com auxílio do jornalista Audálio Dantas. Seu livro de estreia, Quarto de Despejo: Diário de uma Favelada, ficou no topo da lista de mais vendidos e foi publicado em mais 13 países.

O que mais chama a atenção na história da escritora negra, pobre e favelada é que ela reunia características que até hoje fazem milhões de mulheres serem discriminadas e excluídas socialmente.

Carolina começou a estudar aos sete anos, mas interrompeu o curso no segundo ano. Apesar do pouco tempo na escola, ela conseguiu aprender a ler e a escrever e ainda desenvolveu o gosto pela leitura. Tempos depois, tornou-se mãe de três filhos e os sustentou sozinha trabalhando como catadora.

Apesar de ser considerada uma das primeiras e mais importantes escritoras negras do Brasil, sua literatura marginal passou desconhecida na academia. Como uma maneira de resgatar a história da escritora, João Pinheiro e Sirlene Barbosa criaram uma história em quadrinhos (HQ) chamada ‘Carolina’, que retrata a infância pobre dela em Minas Gerais, a vida sofrida em São Paulo, a fama, as ilusões, as decepções e o seu declínio.

A graphic novel, que possui 128 páginas, venceu o prêmio especial do Festival de Quadrinhos de Angoulême, o mais importante do mundo do gênero. A cerimônia de entrega ocorrerá no dia 24 de janeiro, na França. Os interessados podem encontrar a obra na Amazon.

Fonte: 

Sobre admin

Check Also

Internet Archive cria empréstimo digital de livros importantes da Wikipédia

Por Wagner Wakka O Internet Archive quer tornar a Wikipédia uma plataforma ainda mais confiável para pesquisa. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *