Página inicial / Mercado Editorial / FLISP – Festa Literária de SP

FLISP – Festa Literária de SP

FLISP 2020: a 1ª Festa Literária de São Paulo

Após o cancelamento de alguns eventos literários devido a pandemia de Covid-19, como a Bienal Internacional do Livro de São Paulo e do Rio de Janeiro, o mercado editorial precisou se reinventar para não sofrer mais com a crise que o persegue há anos. Analisando as possibilidades, o Grupo Editorial Coerência fundou e organizou a FLISP (Festa Literário de São Paulo), que será realizada no dia 08 de novembro, a partir das 10h na Associação Osaka Naniwa-Kai com entrada franca.

Contando com a presença de várias editoras, como a Editora Alfabeto, Editora Bamboozinho, Editora Bezz, Editora DCL, Faro Editorial, Grupo Editorial Angel, Grupo Editorial Coerência, Grupo Editorial IBEP, Leya Brasil e Editora PL, o evento estará recheado de novidades para o mercado editorial, principalmente os lançamentos de livros que, infelizmente, sofreram atrasos ao longo do ano mediante a quarentena de Coronavírus.

A temática deste ano é referente aos esboços e rabiscos de todos os originais dos autores que estarão presente na festa, assim fazendo uma homenagem aos que não desistiram da literatura mesmo vivendo momentos complicados com a presença da Covid-19.

Por enfrentar um momento delicado e cheio de cautelas, a Festa Literária de São Paulo seguirá todas as medidas de prevenção para não propagar o Coronavírus, por isso, é necessário o uso de máscara durante o evento, e além disso, a organização já afirmou a presença de totens de álcool em gel nos corredores, medidores de temperatura e seguranças na entrada.

Até o momento, mais de 50 autores já confirmaram presença. Além disso, a organização preparou diversos sorteios para o público.

Leia a matéria completa publicada pelo site Culturaleste

Sobre admin

Check Also

Comunicado Anuidade Pessoa Física 2021

Um comentário

  1. Foi um ótimo evento Literário, com toda a segurança que o momento atual exige. Parabéns ao Grupo Editorial Coerência, que organizou, e às demais que participaram. Com o cancelamento da Bienal de São Paulo, ficamos carentes de bons eventos literários presenciais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *