Página inicial / Notícias / Em Guaianases, biblioteca conta história e faz homenagem a Cora Coralina

Em Guaianases, biblioteca conta história e faz homenagem a Cora Coralina

Espaço é considerado o primeiro com temática feminista em São Paulo

LUCAS VELOSO
SÃO PAULO

Com um título autoexplicativo, começa neste sábado (17) a exposição “Memórias da Biblioteca Cora Coralina: Cinco décadas de histórias em Guaianases”. Fundado em 1966, o espaço homenageia a poetisa goiana e é considerado o primeiro com temática feminista em São Paulo.

Organizada pelo Centro de Pesquisa de Documentação Histórica Guaianás, a mostra tem como objetivo abordar a história da biblioteca e a sua ligação com o bairro, que teve origem com as populações indígenas, mas hoje é conhecido pela forte presença de nordestinos.

Primeiro dia de funcionamento da biblioteca Cora Coralina em 1966 – Arquivo Municipal/Divulgação

Para isso, expõe documentos, jornais, revistas e imagens. Há, ainda, obras e áudios que narram a vida de Cora Coralina, além de trabalhos produzidos por mulheres na biblioteca sobre feminismo.

A biblioteca foi o primeiro espaço municipal a oferecer uma programação no período noturno para atender aos trabalhadores.

Biblioteca Cora Coralina – R. Otelo Augusto Ribeiro, 113, Guaianases. Seg. a sex.: das 9h às 18h. Sáb.: das 9h às 16h. Dom.: das 10h às 15h. Até 15/9. Livre. Grátis.

Fonte: Guia Folha São Paulo

Sobre admin

Check Also

Livro de Patrícia Palma revela rede de bibliotecas religiosas que contribuiu para cultura escrita no século XVIII

Samuel Mendonça 13 de Novembro de 2019 Cultura Deixe um comentário Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo A …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *