Página inicial / Ciência da Informação / Comunicação Científica / Diretório de fontes de informação científica de livre acesso sobre o Coronavírus

Diretório de fontes de informação científica de livre acesso sobre o Coronavírus

Diretório de fontes de informação científica de livre acesso sobre o Coronavírus, criado e mantido pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict), tem como objetivo reunir as fontes de informação científica em acesso aberto, nacional e internacional, que disponibiliza conteúdos sobre o Coronavírus e COVID-19. Além dos artigos científicos já publicados e também aqueles que, de tão recentes, ainda não foram publicados. O Diretório reúne dados de pesquisa, ensaios clínicos, teses, dissertações e outros materiais referentes à produção dos pesquisadores do mundo todo. A navegação no Diretório é feita a partir dos diferentes tipos de fontes levantadas.

Trata-se de um Diretório que possui atualização constante. A equipe do Ibict está realizando buscas por fontes de informação em acesso aberto diariamente. Destacamos a valiosa colaboração do Grupo de Pesquisa Gestão da Informação e do Conhecimento na Amazônia (GICA), liderado pela Profa. Dra. Célia Regina Simonetti Barbalho e com a vice-liderança da Profa. Dra. Danielly Inomata, ambas da Universidade Federal do Amazonas.

Como é um trabalho de identificação e acesso à fontes de informação, convidamos a todos para participar indicando-nos fontes que, por ventura, ainda não estejam listadas neste Diretório. A indicação de novas fontes pode ser feita por meio do email: diretoriodefontes@ibict.br

É importante deixar claro que o objetivo deste Diretório é identificar e facilitar o acesso à produção científica nacional e internacional relacionada ao Coronavírus. Entretanto é importante frisar que nem todas as fontes aqui apresentadas são, em situação normal, fontes de acesso aberto. Muitas delas, notadamente em sua grande maioria internacionais, são de propriedade de grandes editoras comerciais, que cobram altos valores pelo seu acesso. Esperamos que este momento de crise mundial traga uma mudança definitiva no processo de comunicação científica. A começar que essas editoras comerciais, que têm lucros astronômicos com o conhecimento gerado por pesquisadores do mundo inteiro. É fundamental que essas editoras comerciais reavaliem a suas práticas e passem a cobrar valores que, de fato, não impeçam a disseminação dinâmica e irrestrita dos novos conhecimentos científicos, que resultam em um avanço mais célere da Ciência. Afinal, não podemos esquecer, e esta crise está nos lembrando, que a Ciência é um bem de toda a humanidade!

Fonte: Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict)

Sobre admin

Check Also

Eleições 2020 CRB8 – Chapa 1 Informar.É

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *