Página inicial / Biblioteconomia / Bibliotecas / Debate: Bibliotecas em tempos de crise

Debate: Bibliotecas em tempos de crise

No final de 2019, a Comissária europeia para a Inovação, Investigação, Cultura, Educação e Juventude, Mariya Gabriel, num evento sobre literacias para o Séc. XXI desafiou uma plateia de bibliotecários com as seguintes questões:

Que problema das vossas comunidades podem ajudar a resolver? Como é que as vossas bibliotecas podem ajudar os europeus na sua vida?

Numa altura em que as bibliotecas em todo o mundo foram surpreendidas com a epidemia do COVID-19, tendo sido forçadas a encerrar portas e a rapidamente repensar a sua relação com a comunidade, ficou exposto de forma mais vincada as suas fragilidades e a sua capacidade de reagir rapidamente para continuarem a cumprir a sua missão. Afastadas da sua relação com o público na sua vertente tradicional, a do acesso à leitura, algumas bibliotecas puseram em marcha alternativas oferecendo serviços limitados via Internet ou procuraram recriar a sua função na comunidade.

Num futuro que se apresenta incerto para as bibliotecas de que forma esta experiência pode fazer-nos repensar sobre o seu papel? Como transformar este desafio numa oportunidade de tornar as bibliotecas mais úteis e relevantes para a sua comunidade? Que problemas podemos antever para as comunidades no futuro próximo e de que forma poderão as bibliotecas contribuir para a recuperação social?

Fonte: Associação Portuguesa BAD

Sobre admin

Check Also

O livro, esse subversivo!

Texto por Jaime Pinsky     Em artigo, o editor Jaime Pinsky defende: ‘Onerar o livro, transformá-lo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *