Página inicial / Notícias / Da leitura literária à produção de textos

Da leitura literária à produção de textos

Da leitura literária à produção de textos | Ernani Terra
Falar, ouvir, ler e escrever são habilidades que permitem a socialização por meio da língua. Este livro trata das duas últimas. É destinado principalmente a estudantes dos cursos de Letras e de Pedagogia e a alunos de cursos superiores em que constam do currículo disciplinas como Língua Portuguesa, Práticas de Leitura e Escrita e Redação.

Para alcançar o objetivo proposto, que é fornecer subsídios para a formação de competentes leitores e produtores de texto, parto do princípio de que ler e escrever não devem ser trabalhados separadamente, pois são duas faces de uma mesma moeda. Escreve-se para ser lido e só se lê o que foi escrito, por isso este livro integra leitura e escrita. Procuro, por meio da leitura compreensiva, levar o estudante a identificar os procedimentos estratégicos usados em gêneros literários para aplicá-los na redação de textos próprios. A proposta é aprender a ler para aprender a escrever.

O livro foi escrito de forma a facilitar a leitura e a apreensão dos conteúdos. Como não é um livro para especialistas, mas para estudantes, muitos dos quais ainda não familiarizados com os conceitos dos estudos da linguagem, procurei manter uma escrita clara, sem rodeios e complicações, sem abrir mão do rigor conceitual.

Há uma regra simples, antiga e verdadeira que diz que para escrever bem é preciso ler muito. Mas ler o quê? Quando se quer aprender algo, deve-se procurar o melhor mestre, aquele que tem mais coisas para ensinar. Para a escrita e a leitura, não tenho a menor dúvida em afirmar que o mestre dos mestres é a literatura. Não é por acaso que essa disciplina é chamada de a arte da palavra. Os escritores de obras literárias são aqueles que com mais maestria trabalham a palavra, produzindo textos que sobrevivem ao tempo e se tornam modelos de boa escrita.

Uma das formas de aprender é por imitação. Aprende-se fazer observando como outros fazem. Nesta obra, apresento procedimentos adotados por bons autores literários para que se possa aplicá-los em produções escritas, produzindo textos bem formados. Por outro lado, embora considere a prática essencial para o aperfeiçoamento das habilidades de leitura e escrita, entendo que uma base teórica favorece o aprendizado, por isso exponho de maneira didática conceitos relevantes das teorias da linguagem e do discurso.

Neste livro, quatro são os gêneros literários usados como ponto de partida para a produção de textos diversos: a crônica, o conto, a poesia e o romance. De cada um deles, destaco características a serem transpostas na produção de textos.

Da crônica, indico o fato de ser um gênero que trata de temas atuais com leveza e brevidade. Por meio da leitura de crônicas, aprende-se a produzir textos pessoais. Do conto, destaco a concisão. Um bom texto deve ser objetivo, direto, não deve deixar nada sobrando ou faltando. O conto ensina como fazer isso. Quanto à poesia, ressalto o plano da expressão. Com esse gênero, aprende-se a explorar os recursos da língua que permitem produzir textos originais e criativos.

O romance é o mestre dos mestres, com ele aprende-se a produzir textos mais longos, a instalar várias vozes no texto e organizá-las, a ordenar os fatos temporalmente, a construir personagens, a caracterizar ambientes e muito mais.

A dificuldade que muitas pessoas têm de escrever, na maioria das vezes, não decorre da falta de ideias, mas de como transformá-las num texto que tenha sentido para quem lê. A literatura é a grande mestra que ensina o como dizer. Não é por acaso que os grandes escritores são, antes de tudo, leitores literários.

Um livro que se pretenda didático não pode ficar restrito à teoria, por isso ela se faz acompanhar de exemplos que possibilitam observar na prática os conceitos estudados. Em todos os capítulos, a teoria é aplicada no comentário a um texto. Informações objetivas e relevantes são destacadas em forma de boxes.

Todos os capítulos apresentam sugestões de atividades para que o leitor ponha em prática o que aprendeu. Encerrando cada capítulo, a seção “Sugestões de leituras” traz indicações de obras que permitem o aprofundamento do assunto estudado.

O livro está organizado em oito capítulos, além desta “Apresentação” e das “Considerações finais”, em que, a título de conclusão, se faz um balanço dos principais conteúdos discutidos. Há ainda um “Glossário”, em que se apresentam, em forma de verbetes, termos técnicos utilizados no livro e, por fim, a “Bibliografia”.

No capítulo “Ler e escrever: a especificidade do texto literário”, discuto as peculiaridades do texto literário, isto é, o que faz com que seja diferente dos demais. Esse capítulo ressalta, principalmente, o conceito de texto e a relação que os textos guardam entre si. O capítulo “A produção escrita” volta-se especificamente para a elaboração da escrita, apresentando os conceitos de linguagem e língua. Chamo especial atenção para o texto escrito e suas especificidades. Os gêneros literários e suas características são tratados nos capítulos “A crônica”, “O conto”, “A poesia” e “O romance”. Em “Tipologia textual”, trato dos tipos de texto: o descritivo, o narrativo, o argumentativo e o expositivo. O capítulo “Leitura e escrita e novas tecnologias” é todo dedicado à leitura e à escrita de textos na era digital. Nele, apresento a noção de hipertexto, suas características e orientações sobre textos que circulam por meio de novos suportes, como o e-mail, o WhatsApp e o Messenger.


Ernani Terra é doutor em Língua Portuguesa pela PUC-SP, onde defendeu tese sobre leituras de professores. Desenvolve pesquisas sobre leitura do texto literário e sobre estudos de linguagem para ensino de Português. Exerce o magistério desde 1974, lecionando nos ensinos fundamental, médio e superior as disciplinas Língua Portuguesa, Literaturas de Língua Portuguesa, Práticas de Leitura e Escrita e Metodologia do Trabalho Científico. É autor de obras didáticas, paradidáticas e artigos acadêmicos nas áreas de Língua Portuguesa, Literatura e Leitura e Produção de Textos. É coautor do livro Ensino de língua portuguesa: oralidade, escrita e leitura e autor de Leitura do texto literário, ambos publicados pela Editora Contexto.

Fonte: Blog da Editora Contexto

Sobre admin

Check Also

Eleições CFB 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *