Página inicial / Notícias / Conheça seis bibliotecas com seções dedicadas aos fãs de quadrinhos

Conheça seis bibliotecas com seções dedicadas aos fãs de quadrinhos

No Dia do Bibliotecário, saiba onde ler gibis e HQs em São Paulo

Nesta segunda-feira (12), é celebrado o Dia do Bibliotecário. A data escolhida para a comemoração é uma homenagem ao bibliotecário, publicitário e poeta Manuel Bastos Tigre (1882-1957), que nasceu em 12 de março.

Para celebrar os profissionais da área, o Guia montou uma lista com seis bibliotecas paulistanas com acervos que prometem agradar os fãs de quadrinhos. Confira abaixo sugestões de onde encontrar gibis e HQs em bibliotecas da cidade.

Gibiteca Henfil 

A gibiteca, que homenageia o cartunista criador de personagens como a Graúna, fica no Centro Cultural São Paulo e tem cerca de 10 mil títulos no acervo, entre álbuns, revistas e periódicos. Nas estantes, dá para encontrar desde revistas amareladas da década de 1960, como as do “Batman”, até livros lançados nos últimos anos, como “A Diferença Invisível” (2017). É possível levar os quadrinhos para casa, desde que o interessado faça um cadastro.

CCSP – bibliotecas – R. Vergueiro, 1.000, Liberdade, região central, tel. 3397-4090. Ter. a sex.: 10h às 20h. Sáb. e dom.: 10h às 18h.

Gibiteca Henfil, no Centro Cultural São Paulo; em primeiro plano, gibis raros que fazem parte do acervo da instituição – Eduardo Knapp/Folhapress

Biblioteca e Gibiteca Sesi 

Com curadoria de Álvaro de Moya (1930-2017), um dos maiores teóricos brasileiros de quadrinhos, a gibiteca reúne desde títulos de autores famosos, como Will Eisner, até álbuns raros, como as coleções da Ebal, editora brasileira de HQs extinta na década de 1990.

R. Carlos Weber, 835, Vila Leopoldina, região oeste, tel. 3834-5523. Seg.: 9h às 18h. Ter. a sex.: 7h às 18h. Sáb.: 10h às 16h.

Biblioteca Monteiro Lobato

Focada no público infantojuvenil, a biblioteca no centro da cidade tem uma gibiteca com cerca de sete mil títulos, entre álbuns, gibis, mangás e até mesmo jogos de RPG. 

Biblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato – R. Gen. Jardim, 485, Vila Buarque, região central, tel. 3256-4122. Seg. a sex.: 8h às 18h. Sáb.: 10h às 17h. Dom.: 10h às 14h.

Biblioteca Mário de Andrade

Fundada em 1925, a biblioteca ganhou, em agosto de 2016, uma sala dedicada aos fãs de quadrinhos. No espaço é possível encontrar pilhas de gibis de heróis e da Turma da Mônica, além de HQs infantis, bibliográficas e eróticas, por exemplo.

R. da Consolação, 94, Consolação, região central, tel. 3775-0002. Seg. a sex.: 8h às 22h. Sáb. e dom.: 8h às 20h

Biblioteca de São Paulo

Localizada no terreno que abrigava a penitenciária do Carandiru, tem catálogo pequeno, mas diverso –de HQs underground às de aventura. Um dos focos são as publicações de humor.

Pq. da Juventude – Av. Cruzeiro do Sul, 2.630, Canindé, região norte, tel. 2089-8600. Ter. a dom.: 9h30 às 18h30.

Centro Cultural da Juventude

O centro cultural dedicado à juventude tem programação com shows, oficinas e exposições, além de uma biblioteca. Nela, os fãs de quadrinhos podem ter acesso a HQs e mangás.

Av. Deputado Emílio Carlos, 3.641, Vila Nova Cachoeirinha, região norte. Ter. a sáb.: 10h às 22h. Dom.: 10h às 18h.

Fonte: Guia Folha

Sobre admin

Check Also

Biblioteca Nacional recebe livros raros apreendidos

Clique na imagem para assistir o vídeo O lote de livros raros foi enviado pela …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *