Página inicial / Notícias / Conheça as estratégias do Conecta para atrair os jovens para bibliotecas públicas

Conheça as estratégias do Conecta para atrair os jovens para bibliotecas públicas

Finalista da segunda edição do Prêmio IPL, o programa da ONG Recode aproxima adolescentes em situação de vulnerabilidade social das bibliotecas públicas dos territórios onde moram

O Conecta é um programa nacional de estímulo à transformação social por meio de bibliotecas públicas, que tem por objetivo aproximar a comunidade das bibliotecas e atrair novos usuários para esses equipamentos, especialmente jovens em situação de vulnerabilidade social.

Segundo o Manifesto IFLA – UNESCO 1994, a biblioteca pública é a porta de acesso local ao conhecimento, fornece as condições básicas para uma aprendizagem contínua, para tomada de decisão independente e para o desenvolvimento cultural dos indivíduos e grupos sociais. Entretanto, 66% dos brasileiros não frequentam bibliotecas de acordo com a última edição da Pesquisa Retratos da Leitura no Brasil. Diante deste potencial, os organizadores do projeto acreditam que o programa possa colaborar na ressignificação do papel da biblioteca.

O principal objetivo da iniciativa é aumentar a utilização das biblioteca ao posicioná-las como espaços de acesso à informação, de experiências e de construção de redes, o que pode contribuir com o desenvolvimento pessoal e profissional das comunidades, especialmente os jovens e fortalecer a rede nacional das bibliotecas. Além disso, o programa objetiva aumentar o número de frequentadores da biblioteca, especialmente os jovens, fortalecer as habilidades dos profissionais (por meio de cursos e ações culturais que fazem sentido para os jovens) e garantir sustentabilidade do Conecta ao final de 2020.

Estrutura do Conecta

Presente em 24 estados do Brasil, o projeto promove apoio e formação à rede de profissionais de bibliotecas, estimulando-os a aprofundarem sua atuação e se posicionarem como espaço vital para o desenvolvimento das comunidades. Fazer esse trabalho, no entanto, exige uma articulação sofisticada de um grupo de coalizão, que envolve diversos atores: academia, governos municipais, estaduais e federal, ONGs, rede de bibliotecas comunitárias, entre outros.

Na primeira fase do programa, que se encerrou em dezembro de 2016 os resultados alcançados foram:

Criação de Redes e Conexões: profissionais das bibliotecas criaram o grupo formação em bibliotecas voltado para o compartilhamento de boas práticas e materiais derivados das formações ocorridas online. Esse foi o canal de comunicação entre os profissionais, que por sua vez passaram a replicar ações implementadas pelos seus pares.

Projetos a partir da formação presencial: A iniciativa em questão deveria atender jovens de 12 à 29 anos, dialogar com o mundo digital e propor resoluções para desafios sociais da comunidade. Resultaram em 30 projetos, dos quais 10 foram premiados. Os três primeiros colocados visitaram as bibliotecas do Chile – que são referência em boas práticas.

Se interessou pelo trabalho da ONG Recode e quer saber mais sobre o Conecta Biblioteca? Então curta a página do projeto no Facebook e visite o site da instituição.

Fonte: Plataforma Pró-Livro

Sobre admin

Check Also

Artigo: A leitura como um aprendizado para a vida

Por Júlio Röcker Neto, gerente editorial da Editora Positivo, especialista em Leitura de Múltiplas Linguagens (PUCPR) …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *