Página inicial / Fontes de Informação / Audiobooks / Concorrência saudável: livros digitais ganham cada vez mais espaço e mantêm prestígio de formato físico

Concorrência saudável: livros digitais ganham cada vez mais espaço e mantêm prestígio de formato físico

Texto por Johann Germano

Não tem capa dura, não tem cheiro, não envelhece, não desbota, não ocupa espaço, cabe na palma da mão e é possível levá-lo a qualquer lugar e acessá-lo a qualquer hora. Mesmo com todos esses benefícios, o livro digital, o chamado ebook, ainda está conquistando espaço entre os leitores que curtem o tradicional livro de papel. Tudo bem, certo?

A resposta é sim. De acordo a presidente da Primavera Editorial, Lu Magalhães, a mudança de hábito com as novas tecnologias é gradativa, mas sem necessariamente abandonar o papel. Ela enumera outras vantagens dos ebooks.

Você pode comprar mais, tê-lo mais à mão. É uma questão de praticidade o livro digital. Quando você se joga nessa leitura, é muito simples ser atraído por ela, porque ela traz uma praticidade muito grande”, relata, em entrevista à Sagres TV, no programa Tom Maior desta quinta-feira (25).

À direita, Lu Magalhães, no programa Tom Maior (Foto: SagresTV)

Segundo Lu Magalhães, um levantamento feito pela Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro – realizada pela Nielsen Book e coordenada pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e Câmara Brasileira do Livro – aponta que houve um crescimento de 7,7% nas vendas de livros digitais para o mercado nacional. De acordo com a presidente da Primavera Editorial, o dado significa que, descontada a variação do IPCA no período, o aumento real foi de 3,3%. O melhor resultado foi registado na venda de Obras Gerais, que obteve um aumento real de 14,8%.

Lu Magalhães não defende que haja uma competição entre os novos formatos de livros e os queridinhos das prateleiras físicas, mas fatores como a pandemia, por exemplo, que exige o isolamento social e faz da internet uma grande aliada por causa do e-commerce, pode consolidar ainda mais os formatos digitais. “Ainda há uma resistência”, afirma. “Mas se olharmos os números, os dados depois dessa pandemia, eu acho que não tem volta”, analisa.

Acesse a matéria completa em Sagres Online

Sobre admin

Check Also

Atualização dos dados de 2019 Bibliotecas SisEB – Prorrogação de prazo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *