Poderá ser vista até o dia 9 de setembro de 2019, a exposição “Gravuras de João Luengo”, na Biblioteca Pública Municipal “Professor Ernesto Manoel Zink”, em Campinas.

A exposição mostra 32 gravuras feitas com água forte em ferro, traçadas com Plotter XY e produzidas a partir do exercício de imaginar e transfigurar o espaço urbano do Rio Pinheiros sob determinadas condições geométricas parametradas pelo AutoCAD. Feitas a partir do decalque de fotografias no CAD, estas gravuras ao apresentarem quatro variações para as mesmas vistas, pretendem mostrar a geração de formas distintas a partir das mesmas fontes conhecidas, numa exploração sistemática do conteúdo visual trabalhado com a gravura.

João Luengo é gravador, desenhista e professor de Artes. Estudou Artes Plásticas na Universidade de São Paulo (USP) e é Mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes Visuais da Universidade de Campinas (Unicamp). Entre 2005 e 2006 foi estagiário do Ateliê de Gravura do Museu Lasar Segall, onde desempenhou a função de assistente didático. Desde 2005 vem estudando gravura em metal, e a partir de 2009 tem gravado preferencialmente em ferro, ao invés de cobre. Seu tema até o momento tem sido a paisagem urbana do Rio Pinheiros em São Paulo. (Carta Campinas com informações de divulgação)

Exposição Gravuras de João Luengo
Onde: Biblioteca Pública Municipal “Professor Ernesto Manoel Zink”
Avenida Benjamin Constant, 1633   Centro-Campinas
Visitação: 2.a a 6.a feira, das 9 às 17 horas, até 9 de setembro de 2019

Fonte: Carta Campinas