Pode ser vista de 5 a 30 de junho na Biblioteca Pública Municipal “Professor Ernesto Manoel Zink” a ocupação “Sambaqui”, por Cecília Pupo.

“Cotidiano”

Por se tratar de uma ocupação interativa, de posse dos objetos/fragmentos garimpados no sambaqui, o visitante é convidado a interagir com esse material, criando, a partir dele, discursos autorais verbais e não-verbais; a expressar sua valoração dos elementos disponíveis, através de um pódio, uma lixeira e uma caixa preta; a interferir em antigas agendas da artista, de modo a sugerir alterações em seu cotidiano.

Além da possibilidade de criar arte-objetos, textos, realizar performances e intervenções no espaço, o visitante poderá também travestir-se com tecidos/ vestuário se, por ventura, encontrá-los no sambaqui.

Sugere-se que o resultado dessa interação (mini-instalações, arte-objetos, colagens, textos, intervenções no espaço, performances) seja imediatamente registrado por celular e enviado via whatsapp à artista, para que sejam impressos/ gravados, passando assim os participantes a coautores da ocupação.

Esta ocupação se alimenta da capacidade criativa das pessoas, em interação com objetos às vezes inusitados, anacrônicos ou ainda do cotidiano recente.

Alimenta-se da expressão artística efêmera, em constante transformação, assim como a cultura que produziu os objetos e discursos que a constituíram.

Ao final da ocupação esses registros serão expostos no local.

Natural de Mogi Guaçu, Cecilia Pupo está radicada em Campinas desde os 06 anos de idade. Graduada em Letras pela PUCC e titulada como Mestre em Linguística Aplicada pela Unicamp.

“Sempre tive interesse pelas artes visuais, tendo frequentado, desde 1985, ateliês particulares de reconhecidos artistas campinenses e cursos oferecidos por Fundações, Instituições Privadas e Institutos da Unicamp (IA, IFCH). Inclusive, desde 2009 até a presente data, desenvolvo meu trabalho em gravura no Laboratório de Gravura do IA, tendo me integrado ao Grupo Gravo ali constituído. Tendo já experienciado performance em espaço público, atualmente tenho me dedicado a instalações e ocupações artísticas, além de exposições de arte tradicionais. A partir de 1987 tenho realizado mostras individuais e participado de inúmeras coletivas em Campinas e outras cidades do Estado, promovidas por instituições públicas e privadas”, diz a artista.

(Carta Campinas com informações de divulgação)

Ocupação Sambaqui, por Cecília Pupo

Quando: de 05 a 30 de junho

Local: Biblioteca Pública Municipal “Professor Ernesto Manoel Zink” – Av. Benjamin Constant, 1633, Centro – Campinas

Fonte: Carta Campinas