Página inicial / Notícias / Biblioteca Comunitária da UFSCar apresenta oito exposições em março

Biblioteca Comunitária da UFSCar apresenta oito exposições em março

Eventos, que serão gratuitos, fazem parte da programação de recepção aos estudantes ingressantes em 2019. Confira a programação completa

ACidade ON – São Carlos
Campus da UFSCar em São Carlos (Foto: Amanda Rocha/ ACidade ON)

Como parte da programação de recepção aos estudantes ingressantes em 2019, neste mês de março a Biblioteca Comunitária (BCo) da UFSCar apresenta oito exposições gratuitas ao público, com fotos, objetos, livros e um protótipo semelhante a um carro de Fórmula 1. As mostras “As fronteiras entre o lixo e a arte” e “O que há de arte na comida”, de autoria de Michelle Vasques, aluna do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), são compostas por desenhos realizados em superfícies de objetos que teriam como destino final aterros sanitários ou lixões. Também exibem desenhos feitos em produtos alimentícios, sejam restos de comida, cascas de frutas e vegetais. “Acredito no poder da arte simples, momentânea e acessível e, principalmente, na requalificação de qualquer objeto, seja ele lixo ou não. A arte não precisa ser cara; ela não segue uma forma ou regra”, afirma Vasques. Os desenhos expostos remetem, em sua maioria, a pessoas, mas incluem desde projetos arquitetônicos até animais e elementos da natureza.

Outras duas exposições disponíveis para visitação são de autoria do arte educador Conrado Marques da Silva de Checchi, aluno de doutorado no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da UFSCar, e intituladas “Reciclando com reciprocidade” – com fotografias produzidas por catadoras de materiais recicláveis – e “Luz do invisível” – com fotos realizadas por pessoas com deficiências visuais. “As imagens produzidas pelas catadoras provocam reflexões sobre as representações que a cidade imprime na vida delas e, nisto, a possibilidade de construção de diálogos sobre a própria reciclagem de materiais”, afirma Checchi. Já sobre a segunda mostra, ele destaca: “Olhar fotografias criadas por um grupo de pessoas com deficiências visuais nos provoca a indagação de quais sensibilidades temos prezado no dia a dia, e quais respostas comunitárias temos buscado à vida”.

Em cartaz, há ainda a mostra de fotos “Sobre mulheres e montanhas”, com 12 imagens de montanhistas expoentes e anônimas, iniciantes ou com muitos anos de vivência na modalidade e significativas experiências em montanhas. “As fotos registram a participação de mulheres em várias modalidades do montanhismo, tais como trekking [trilhas e travessias], escalada em rocha, escalada em gelo, alta montanha, boulder [grandes blocos de rocha], escalada esportiva, espeleologia [exploração de cavernas], entre outras manifestações”, descreve a professora Mey de Abreu van Munster, do Departamento de Educação Física e Motricidade Humana (DEFMH) da UFSCar e integrante do Centro Universitário de Montanhismo e Excursionismo (Cume). Segundo ela, a mostra retrata a beleza estética e o empoderamento que emerge dessa relação entre mulheres e montanhas. “Na superfície ou no interior de uma montanha, cada mulher traz um pouco de sua história, fortalecendo-se a partir dessa interação com a (sua) natureza, seja em busca de contemplação, descompressão das tensões cotidianas, superação pessoal, desempenho esportivo ou mera fruição”, afirma.

Além disso, a Biblioteca expõe um protótipo de um carro semelhante ao de Fórmula 1. O veículo é pertencente à equipe Fórmula Route da Universidade. Traz, também, a mostra “Coleção Ficção Científica da BCo: um universo fascinante da leitura”, com um total de 42 livros pertencentes a grandes coleções, como a Coleção Argonauta, a Coleção Ficção Científica, a Coleção Star Trek – Jornadas nas Estrelas, entre outras. Por fim, a BCo reúne, neste mês, os livros mais retirados e os mais danificados da Biblioteca como forma de conscientizar os visitantes sobre a importância de preservar as obras emprestadas.

Todas as mostras são gratuitas, abertas ao público e estarão nas dependências da BCo, localizada na área Norte do Campus São Carlos da UFSCar. O horário de funcionamento da BCo é de segunda a sexta-feira, das 8 às 22 horas, e aos sábados, das 8 às 14 horas. Confira abaixo as datas e os locais em que as exposições estarão disponíveis para visitação:

De 11 a 29/3: “As fronteiras entre o lixo e a arte”, “O que há de arte na comida” (saguão principal), “Reciclando com reciprocidade” e “Luz do invisível” (Piso 2);
De 15/3 a 26/3: “Mulheres e montanhismo” (saguão principal);
De 11/3 a 23/3: Carro da equipe Fórmula Route UFSCar (área de convivência);
De 11/3 a 11/4: “Coleção Ficção Científica da BCo: um universo fascinante da leitura” (Piso 5, no Departamento de Coleções de Obras Raras e Especiais, aberto de segunda a sexta-feira, das 8 horas às 17h45, e das 19 às 21 horas);
De 11/3 a 11/4: Exposição de livros danificados e mais retirados (Piso 3).

Sobre admin

Check Also

Ler com a ponta dos dedos e com os ouvidos

PUBLISHNEWS, REDAÇÃO Dorina Nowill encomenda pesquisa ao Datafolha para saber o perfil leitor das pessoas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *