Página inicial / Biblioteconomia / Bibliotecas / Biblio é Tech. Biblio é Pop. Biblio é Tudo

Biblio é Tech. Biblio é Pop. Biblio é Tudo

Você lembra da campanha veiculada pela Rede Globo? “Agro: a indústria-riqueza do Brasil”. Usaremos a mesma linguagem. E, aproveitando a comemoração da Semana Nacional do Livro e da Biblioteca, a ser comemorada entre os dias 23 a 29 de outubro. Data que foi instituída pelo Decreto n° 84.631, de 09/04/80, com o objetivo de incentivar a leitura e a construção do conhecimento através da difusão do livro, da informação, do conhecimento e do acesso a diversas formas de manifestações culturais e artísticas. Com objetivo de valorizar a “Biblioteca” e conectar o leitor com o universo da informação e do conhecimento. Porque sem informação, conhecimento, livros e bibliotecas a sociedade não avança. A humanidade seria uma vaga lembrança. Para que tudo aconteça, foi preciso armazenar e organizar todo conhecimento humano. Isso só é possível através das bibliotecas, sejam elas físicas ou digitais.

Segundo Carl Sagan: “Quando os nossos genes não conseguem armazenar toda a informação necessária para a sobrevivência, lentamente inventamos cérebros. Então veio o tempo, talvez há dez mil anos, quando necessitávamos saber mais do que podia ser convenientemente contido nos cérebros, e aprendemos a estocar quantidades enormes de informação fora dos nossos corpos. Somos a única espécie no planeta, até onde sabemos, a ter inventado uma memória comunal armazenada fora dos genes e do cérebro. O armazém desta memória é chamado biblioteca.”

“Biblioteca é essencial. Porque biblioteca é educar, fortalecer e engajar. O que seria da humanidade sem as bibliotecas?”

Biblioteca
A riqueza da ciência, da informação e do conhecimento organizado. Fonte de conhecimento, descoberta, imaginação ou sonho.

Biblio é Tech. Biblio é Pop. Biblio é Tudo.

Livro é Biblio. E-books é Biblio. Periódicos é Biblio. Bases de dados é Biblio. Informação é Biblio. Conhecimento é Biblio.

Biblioteca é um sistema dentro do universo do conhecimento. Tá na web, tá no Face, tá no Insta, tá no Twitter, também no Youtube. Biblioteca é a indústria, a ciência do conhecimento. A universidade, a escola, a sociedade crescem com ajuda da biblioteca. O que seria da humanidade sem as bibliotecas?

Biblio é Tech.
Porque biblioteca é tecnologia, é digital, é virtual e não para de avançar. As bibliotecas abrem um novo caminho para a ciência, a informação e o conhecimento. Conecta os usuários aos conteúdos, não respeita os limites geográficos, sociais e culturais. Ajuda a aumentar e a melhorar a qualidade da produção do conhecimento. A ciência avança porque tem biblioteca, sabe onde pesquisar. A sociedade ganha com a riqueza da experiência e genialidade humana preservada pelas bibliotecas.

Biblio é Pop.
Porque está no dia a dia, na universidade, na faculdade, nas escolas, na sociedade.
Porque gera ensino, pesquisa, extensão, principalmente, conhecimento. Biblioteca é semente de ideias e inovações. Aumenta a confiança dos pesquisadores, dos professores, dos alunos e da sociedade. Garante bons resultados profissionais. Qualificação profissional é sustento das famílias, é riqueza da nação.

Biblio é Tudo.
A biblioteca está em tudo a nossa volta.
Nos remédios, na agricultura, na odontologia, no avanço da medicina, na culinária, no carro, no avião, na roupa, calçados, nos cosméticos e em tudo. Para que tudo aconteça, depende do conhecimento armazenado nas bibliotecas. Se não é preservado, se perde no tempo e no esquecimento.

Biblioteca é essencial. Porque biblioteca é educar, fortalecer e engajar.

Biblio é Tech. Biblio é Pop. Biblio é Tudo.
Biblioteca tá na universidade, tá na escola, tá na sociedade.

CLAUDIO HIDEO MATSUMOTO, bibliotecário e diretor da Biblioteca da Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA) da UNESP (Universidade Estadual Paulista)

Fonte: FOLHA DE LONDRINA

Sobre admin

Check Also

Você sabia que existe um mercado potencial para Catalogação além das bibliotecas?

Texto por Rachel Lione A catalogação é uma das competências técnicas mais antigas e peculiares …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *