Página inicial / Biblioteconomia / Bibliotecárias(os) / Atuação do Bibliotecário na editoração científica

Atuação do Bibliotecário na editoração científica

Artigo de Solange Alves Santana e Marivalde Moacir Francelin que aborda o papel do bibliotecário na equipe de editoração científica de periódicos.

O que é?

A editoração científica configura-se como um conjunto de processos e atividades multidisciplinares no âmbito da comunicação científica, em que profissionais de diferentes áreas estão envolvidos, entre eles, o bibliotecário.

Inicialmente, ao pensarmos na atuação do bibliotecário em equipes editoriais, a normalização de documentos é, dentre as atividades possíveis, a mais comumente relacionada à figura do bibliotecário. No entanto, com as profundas alterações ocorridas no campo editorial nas últimas décadas, sobretudo, promovidas pelas novas tecnologias,
ampliaram-se a inserção e escopo de atuação do bibliotecário, dada sua formação diversificada e multifacetada.

Equipes editoriais

A estrutura de uma equipe editorial de um periódico científico, via de regra, é constituída por:

  • uma comissão científica, representada basicamente pelo editor responsável (ou editor-chefe), pelo conselho editorial (também chamado de comitê consultivo ou conselho consultivo), pelos assessores científicos (também chamados de editores de seção ou editores de área) e revisores (pareceristas ou referees); e

  • uma equipe de produção editorial, responsável por questões técnico-administrativas e de pós-produção dos manuscritos.

No entanto,

No que diz respeito à composição da equipe editorial, a configuração pode variar conforme as condições da instituição responsável e o aporte financeiro para definição dessas equipes.

Importante!

As equipes editoriais continuamente empreendem esforços para estruturarem suas equipes editoriais haja vista que a composição das equipes, mais especificamente da Comissão científica, constitui-se como critério de avaliação por organismos responsáveis pela estratificação de publicações científicas, bem como por bases de dados indexadoras, que observam questões relativas à afiliação dos membros, distribuição institucional,
endogenia, entre outros fatores.

Atuação do Bibliotecário no trabalho

No que diz respeito às possibilidades de atuação do bibliotecário em equipes editoriais, foram identificadas 19 categorias de atividades desempenhadas por bibliotecários em equipes de produção editorial, assinaladas a seguir:

  • análise de provas editoriais (fluxo editorial);

  • assessoria aos autores e pareceristas;

  • avaliação técnica de revista para inclusão em bases de dados;

  • catalogação na fonte;

  • conferência da terminologia (palavras-chave);

  • controle de assinaturas, permuta e doação (distribuição);

  • diagramação;

  • divulgação;

  • elaboração de projetos;

  • elaboração de relatórios;

  • expedição;

  • formatação dos manuscritos;

  • gestão de processos (da pré-avaliação à publicação);

  • indexação;

  • manutenção do site da revista;

  • normalização;

  • prestação de contas;

  • secretaria; e

  • supervisão de marcação em XML.

Há outras atividades em ascensão em instituições de ensino superior, como assessoria aos autores na escolha de periódicos para publicação e o auxílio na elaboração do manuscrito. É possível notar que as categorias de atividades identificadas pelas autoras são vastas e se relacionam a diferentes esferas de atuação profissional, assinalando um diversificado espaço de atuação para o bibliotecário.

Fonte: Portal do Bibliotecário

Sobre admin

Check Also

Eleições 2020 CRB8 – Chapa 1 Informar.É

Um comentário

  1. Prezados senhores,

    Agradecemos por divulgarem trabalhos que abordam as diferentes possibilidades de atuação do bibliotecário.

    Desejamos sucesso a toda a equipe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *