Página inicial / Notícias / Arqueólogos descobrem biblioteca mais antiga da Alemanha

Arqueólogos descobrem biblioteca mais antiga da Alemanha

Ruínas são encontradas por acaso durante obras para a construção de um centro religioso na cidade de Colônia. Prédio, semelhante aos de bibliotecas de Alexandria e Roma, teria sido construído por romanos no século 2º.Arqueólogos descobriram em Colônia as ruínas da biblioteca mais antiga da Alemanha, noticiou a imprensa alemã nesta quarta-feira (25/07).

Além do muro, ruínas conservam dois pequenos pedaços do chão da biblioteca
Além do muro, ruínas conservam dois pequenos pedaços do chão da biblioteca

Foto: DW / Deutsche Welle

Segundo o diretor do departamento de conservação de monumentos de Colônia, Marcus Trier, as ruínas são do século 2º. Especialistas estimam que a biblioteca foi construída pelos romanos entre 150 e 200 depois de Cristo, a sudoeste do fórum romano que havia na cidade.

A descoberta das ruínas ocorreu por acaso há um ano, durante as obras para a construção de um centro da Igreja Luterana na cidade. Desde então, especialistas trabalhavam na escavação.

“Chegamos a um resultado que não podíamos determinar no início”, destacou Trier ao jornal local Kölner Stadt-Anzeiger, e acrescentou que inicialmente os especialistas acreditavam que as ruínas seriam de um espaço público de reuniões.

Ao analisar a estrutura e compará-la com outras construções antigas em Éfeso, Alexandria ou Roma, os pesquisadores tiveram certeza de que ali havia uma biblioteca.

Arqueólogos acreditam que o prédio tinha dois andares e uma altura entre sete e nove metros. Além do muro, as ruínas conservam ainda dois pequenos pedaços do chão da biblioteca.

Depois da descoberta, a Igreja Luterana mudou os planos da construção. As ruínas devem agora ser integradas ao centro religioso e, no futuro, serão abertas para a visitação.

CN/dpa/afp/kna

Fonte: Terra

Sobre admin

Check Also

Livro de Patrícia Palma revela rede de bibliotecas religiosas que contribuiu para cultura escrita no século XVIII

Samuel Mendonça 13 de Novembro de 2019 Cultura Deixe um comentário Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo A …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *