Página inicial / Arquivologia / Arquivos / Acervo de escritor de Cabo Verde é entregue à Biblioteca Nacional do país

Acervo de escritor de Cabo Verde é entregue à Biblioteca Nacional do país

Mesa diretora do evento

Cerca de dois mil livros do autor cabo-verdiano Luís Romano Madeira de Melo foram repatriados a Cabo Verde. O acervo foi transportado da cidade de Natal (RN) ao país pela Fragata “Independência”, da Marinha do Brasil. A cerimônia para a entrega dos livros aconteceu no dia 15 de fevereiro, a bordo da “Independência”, no porto de Praia, em Cabo Verde. O acervo foi entregue para a Biblioteca Nacional do país africano.

A cerimônia de devolução foi presidida pelo Ministro da Cultura e das Indústrias Criativas de Cabo Verde, Abraão Vicente, e contou com a presença do Embaixador do Brasil no país, José Carlos de Araújo Leitão; da curadora da Biblioteca nacional de Cabo Verde, Fátima Fernandes; e da Professora Doutora Simone Caputo Gomes.

De acordo com o ministro Abraão Vicente, o regresso da biblioteca de Luís Romano ao país é o cumprimento de uma missão e um “momento histórico” para a literatura, artes e cultura do arquipélago. “Luís Romano é um corpo enorme estendido entre as ilhas de Cabo Verde e Brasil”, afirmou o ministro. Na ocasião, a Marinha do Brasil (MB) foi condecorada com o 2.º Grau da Medalha de Mérito Cultural, e Luís Romano, a título póstumo, com o 1.º Grau da medalha. O Comandante da Fragata “Independência”, Capitão de Fragata Marcelo Lancelotti, foi o representante da MB na imposição.

O evento motivou a inclusão do Porto de Praia, em Cabo Verde, para a realização de escala logística da Fragata “Independência”, no deslocamento para a cidade de Beirute, para a realização da operação “Líbano XIII”, a partir de março de 2018.

O escritor

Luís Romano de Madeira Melo foi um poeta, romancista e folclorista cabo-verdiano, que viveu exilado muitos anos no Brasil, radicado na cidade de Natal (RN). Deixou uma vasta obra, com destaque para o romance “Famintos” (1962), seu livro mais conhecido e referência da literatura cabo-verdiana. O acervo foi deixado a cargo da Professora Doutora Simone Caputo Gomes, da Universidade de São Paulo, após o falecimento do escritor em Natal, onde estava exilado desde a década de 1960.

Entrega da medalha pelo Ministro da Cultura e Indústrias Criativas de Cabo Verde ao Comandante da Fragata “Independência”

Fonte: Marinha do Brasil

Sobre admin

Check Also

Eleições 2020 CRB8 – Chapa 1 Informar.É

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *