Página inicial / Notícias / Ação distribui HQs em espaços públicos de Campinas para democratizar leitura

Ação distribui HQs em espaços públicos de Campinas para democratizar leitura

Iniciativa da Biblioteca Municipal prevê distribuir ao menos 200 obras até o fim de fevereiro

Pacotes com quadrinhos são distribuídos por Campinas (SP). — Foto: Joyce Santos/G1

Texto por Rui do Amaral*

Em meio aos passageiros apressados que cruzam o terminal rodoviário no Centro de Campinas (SP) entre chegadas e partidas, a bibliotecária Suze Elias caminha com uma sacola de pano nas mãos. Dentro estão quadrinhos que começaram a ser distribuídos na manhã desta quinta-feira (31) em espaços públicos da cidade com objetivo de democratizar a leitura das histórias, e em comemoração ao Dia do Quadrinho Nacional, celebrado no dia anterior.

Ao G1, a bibliotecária contou que atua na atividade há 16 anos e os trabalhos ficarão disponíveis para quem quiser, basta levar para casa e ler. Idealizadora, ela conta que a ideia da “Revoada de Quadrinhos” – espalhar obras em diferentes regiões – veio à tona em 2017, quando teve a 1ª edição.

“A ideia é fazer com que todo mundo tenha a oportunidade de contemplar e ler estas histórias. São quadrinhos exclusivamente nacionais, de autores de todo o país. Se a pessoa quiser, pode compartilhar os livros com outras pessoas depois de ler”, ressalta Suze.

Manuela ainda não sabe ler, mas se interessou pelos quadrinhos — Foto: Joyce Santos/G1

Ao ver uma das sacolas com três exemplares novinhos, Manuela, de 3 anos, não exita em transformar curiosidade em aproximação. A mãe, Maria Alice, conta que a menina, mesmo sem saber ler, gosta de folhear e observar as cores dos quadrinhos.

“Ela vê muita televisão e mexe bastante no celular, então eu gosto de ver quando ela pega alguma coisa diferente, como estes livros. É uma iniciativa muito legal”.

Gustavo levou para casa um pacote com três gibis — Foto: Joyce Santos/G1

Reação semelhante ocorre quando Gustavo, de 7 anos, se depara com um gibi do Chico-Bento, um dos personagens emblemáticos criados pelo Maurício de Sousa.

“Eu não gosto tanto de ler, mas estou aprendendo. Destes aqui talvez eu goste”, conta. A mãe, Tatiane Batista, elogia a ação. “É uma hora boa para a criança se interessar por ler”.

De acordo com Suze, ver as crianças com os quadrinhos em mãos proporciona satisfação.

“Fico toda feliz quando vejo eles lendo, se interessando. Missão cumprida”.

Suze Elias coloca pacote dentro de ônibus no Terminal Central. — Foto: Joyce Santos/G1

Calendário

A distribuição dos quadrinhos irá ocorrer diariamente até 28 de fevereiro e conta com participação de outros funcionários da biblioteca. Quem quiser ajudar com doações pode ir até a Biblioteca Pública Municipal “Professor Ernesto Manoel Zink” – Avenida Benjamin Constant, 1633.

“Muitos autores disponibilizam os quadrinhos para a gente, mas quem tiver algum em casa e quiser doar, também aceitamos”, destaca a bibliotecária.

Eventos

A Biblioteca Pública Municipal de Campinas terá agenda que inclui rodas de conversa com autores nacionais, feira para aquisição de trabalhos em fevereiro, além de exposições.

Sob supervisão de Fernando Pacífico.

Fonte: G1 Campinas e Região

Sobre admin

Check Also

CCJ aprova proteção para funcionários de bibliotecas e museus

Divulgação/Fundação de Arte de Ouro Preto-MG Proposta permite que profissionais recebam adicional de insalubridade A …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *