Página inicial / Notícias / A mente criativa de J.R.R. Tolkien em desenhos, mapas e notas

A mente criativa de J.R.R. Tolkien em desenhos, mapas e notas

Por Murilo Roncolato

Biblioteca da Universidade de Oxford, dona do maior acervo sobre o escritor, faz exposição e livro reunindo centenas de objetos pessoais e raridades

Elfos, anões, hobbits, dragões, magos e línguas próprias fazem parte do universo de John Ronald Reuel Tolkien (1892-1973). Famoso mundialmente pelo sucesso dos livros “O Hobbit” e “O Senhor dos Anéis”, o escritor é reconhecido também pelo seu trabalho como filólogo, linguista e professor.

A instituição para a qual trabalhou como docente de inglês, literatura medieval e mitologia nórdica durante boa parte de sua vida, a Universidade de Oxford, abriga até o dia 28 de outubro de 2018 uma exposição sobre sua carreira com parte do acervo da sua Biblioteca Bodleiana – dona da maior coleção de textos e imagens do escritor no mundo. Inclui manuscritos, desenhos, mapas, cartas, fotografias e documentos pessoais.

Da Inglaterra, a exposição segue para os Estados Unidos, onde fica de 25 de janeiro a 12 maio de 2019 na Morgan Library, em Nova York. Mesmo quem não passar por nenhum dos dois espaços, poderá ter acesso aos itens expostos por meio de um livro organizado com o arquivo sobre Tolkien pela editora da universidade britânica em razão da mostra.

O livro traça o processo criativo por trás dos seus maiores trabalhos literários”, diz a resenha de “Tolkien: Maker of Middle-earth” (Tolkien: Criador da Terra Média, em tradução livre), que reúne em mais de 400 páginas objetos nunca antes exibidos em material impresso.

Exposição e livro contam com vários dos desenhos feitos pelo próprio J.R.R. Tolkien (veja mais abaixo) para ilustrar passagens das histórias contadas em “O Hobbit” (1937), “O Senhor dos Anéis” (1954-1955) e também do póstumo “O Silmarillion” (1977). Além disso, há manuscritos que mostram o método usado pelo escritor inglês para criar as línguas (élficas) que compõem a mitologia de Tolkien presente em suas obras.

Tolkien foi um gênio com uma abordagem única à literatura (…) Seu mundo imaginado foi criado por meio de uma combinação do seu profundo conhecimento, sua rica imaginação e poderoso talento criativo, e das informações obtidas pela suas experiências de vida.” Richard Ovenden Diretor da Biblioteca Bodleiana, em entrevista ao The Guardian

SOBRECAPA PARA ‘O HOBBIT’ DESENHADA POR TOLKIEN
FOTO: REPRODUÇÃO/THE TOLKIEN TRUST

MAPA DA TERRA MÉDIA, ONDE SE PASSAM AS HISTÓRIAS IMAGINADAS POR TOLKIEN, COM ANOTAÇÕES DO AUTOR
FOTO: REPRODUÇÃO/THE TOLKIEN TRUST
ILUSTRAÇÃO DE TOLKIEN SOBRE O EPISÓDIO DE ‘O HOBBIT’ EM QUE BILBO ESCAPA DE ELFOS PELO RIO USANDO BARRIS
FOTO: REPRODUÇÃO/THE TOLKIEN TRUST
ILUSTRAÇÃO DO LIVRO DE 1937 MOSTRA BILBO ACORDANDO APÓS TER SIDO SALVO PELAS GRANDES ÁGUIAS
FOTO: REPRODUÇÃO/THE TOLKIEN TRUST
TOLKIEN COLOCA EM TRAÇOS O MOMENTO EM QUE BILBO USA O ANEL E FICA INVISÍVEL EM ENCONTRO COM O DRAGÃO SMAUG
FOTO: REPRODUÇÃO/THE TOLKIEN TRUST
ESCRITOS DE TOLKIEN NA LINGUAGEM ÉLFICA CRIADA POR ELE
FOTO: REPRODUÇÃO/THE TOLKIEN TRUST

Fonte: Nexo

Sobre admin

Check Also

CCJ aprova proteção para funcionários de bibliotecas e museus

Divulgação/Fundação de Arte de Ouro Preto-MG Proposta permite que profissionais recebam adicional de insalubridade A …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *