Página inicial / Notícias / A importância da Literatura Infantojuvenil

A importância da Literatura Infantojuvenil

Texto por Renata Neves

Muito se tem debatido, principalmente na internet, acerca de quais livros devem ser considerados como literatura e quais não, e o ramo infantojuvenil é um dos principais discutidos. Algumas pessoas tentam argumentar e insistem em dizer que não deveria ser considerado (ALÔ, JÚLIA DE LETRAS), mas eu, como uma boa defensora desse conteúdo vim esclarecer a importância da literatura infantojuvenil para a formação de leitores.

É importante ressaltar que embora esse tipo de leitura seja feita e promovida visando uma idade específica (crianças/adolescentes), isso não impede que pessoas de outra faixa etária, como os adultos, consumam esse material, uma vez que eles tratam dos mesmos assuntos abordados em diversos outros livros, apenas de uma perspectiva diferente.

É necessário compreender também que a literatura infantojuvenil não é um gênero literário por si mesmo, isso quer dizer que dentro dele você pode encontrar de tudo, desde ficção científica, suspense, romance e uma infinidade de temas.

A problemática de tudo consiste na ideia errônea de que os jovens sabem/entendem menos, e por isso algumas pessoas partem da premissa (TOTALMENTE INCOERENTE) de que esses livros seguem uma linha de raciocínio boba, quando na verdade ambos os pensamentos estão errados. Independente do tema abordado um livro sempre possui algo para aderir a nossa vida, seja uma nova palavra, uma lição vivenciada pelos personagens ou a simples experiência de conhecer um novo mundo.

Leia a matéria completa publicada no site do Beco Literário.

Sobre admin

Check Also

Bibliotecárias negras brasileira e colombiana produzem livro sobre epistemologias latino-americanas no campo biblioteconômico-informacional

Texto por Priscila Fevrier Qual a incidência de estudos de mulheres negras em Biblioteconomia e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *