Página inicial / Eventos / A importância da Bibliodiversidade

A importância da Bibliodiversidade

biblio

COM BEL SANTOS MEYER, HAROLDO CERAVOLO, JOSÉ CASTILHO E JULIANE SOUSA. MEDIAÇÃO: JULIANA SANTOS

Local: Sesc Bom Retiro
Data: 23/11, SAB
Horário: 14H ÀS 16H

Encontro que propõe a reflexão sobre a importância da bibliodiversidade em espaços como bibliotecas e salas de leitura.

Bel Santos Mayer é educadora social, mestranda do Programa de Pós-graduação em Lazer e Turismo (PPTur/EACH/USP). Desde 1988 atua em organizações não governamentais e facilita processos de criação de Bibliotecas Comunitárias gerenciadas por jovens. É empreendedora social da Ashoka. Coordena o Programa de Direitos Humanos do Instituto Brasileiro de Estudos e Apoio Comunitário – IBEAC. É membro do grupo gestor da Rede LiteraSampa/RNBC.

Haroldo Ceravolo é doutor em Letras pela USP, jornalista e editor da Alameda. Foi presidente da Libre – Liga Brasileira de Editoras de 2011 a 2015. É autor de Trinta e tantos livros sobre a mesa (Oficina Raquel).

José Castilho é doutor em Filosofia pela Universidade de São Paulo/USP, professor aposentado na Universidade Estadual Paulista/UNESP, pesquisador, conferencista, escritor, editor e publisher. Dirigiuinstituições culturais ligadas ao livro e à formação de leitores: Editora UNESP, Biblioteca Pública Mário de Andrade – São Paulo, Secretário Executivo do Plano Nacional do Livro e Leitura do Brasil. Presidiu em vários mandatos a Associação Brasileira e a Associação Latino-americana de Editoras Universitárias – ABEU e EULAC. A Lei da PNLE – Política Nacional de Leitura e Escrita do Brasil – é apelidada com seu nome em reconhecimento ao seu trabalho em prol do livro e da formação de leitores.

Juliane Sousa é formada em Letras/Espanhol pela Universidade Federal de São Paulo, jornalista, ambientalista, apresentadora de rádio e televisão, coordenadora de produção, roteirista e poeta. Faz parte dos coletivos “Mulheres Negras na Biblioteca”, “Conversa de Negras” e do Sarau “Carolinas e Firminas”. Atualmente, trabalha como apresentadora do programa Biosfera, na Boa Vontade TV, há 11 anos. Publicou: “Os médicos Cubanos e o Racismo no Brasil” (artigo que faz parte do livro “Mais amor, seu doutor! Os médicos cubanos entre nós).

Mediação: Juliana Santos, que é Assistente técnica da Gerência de Ação Cultural do Sesc SP. Formada em História e mestre em Educação pela Universidade de São Paulo.

Local: Biblioteca.

Sobre admin

Check Also

Formação de Mediadores de Educação para Patrimônio

Conheça o Curso APRESENTAÇÃO Segundo a definição do Art. 216 da Constituição da República Federativa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *