Página inicial / Fake News e Desinformação / 5 sites para checar se a notícia é verdadeira ou falsa

5 sites para checar se a notícia é verdadeira ou falsa

Texto por Matheus Bigogno Costa

O recente crescimento de fluxo de dados na internet tem trazido um problema constante para diversos países. As Fake News estão cada vez mais presentes e, para lidar com isto, os leitores devem ficar muito atentos antes de confiarem em um título ou uma publicação.

Neste artigo, separamos uma lista de cinco sites e dicas para você poder validar a veracidade de uma notícia. Confira abaixo:

Agência Lupa

Agência Lupa é primeira do setor de checagem de fatos do Brasil a ser criada no Brasil. Ela está ligada ao site Folha de S. Paulo e seus trabalhos estão diretamente ligados a fatos compartilhados em período de eleição.

Para entrar em contato com a Lupa, basta mandar uma mensagem no Facebook diretamente para o Messenger, que o bot irá auxiliar a avaliação das informações como verdadeiras ou falsas.

Fato ou Fake

Criado pelo grupo Globo, Fato ou Fake faz a apuração de notícias falsas com uma equipe composta por jornalistas que trabalham em veículos como Época, Extra, G1, CBN, Época, Extra, TV Globo, GloboNews, Jornal O Globo e Valor Econômico. Este site é responsável por verificar notícias muito compartilhadas de assuntos gerais.

Se você quiser fazer uma denúncia de alguma notícia falsa, pode ir à página do Facebook do Fato ou Fake, ou mandar uma mensagem para o WhatsApp, através do número (21) 97305-9827.

Agência Pública – Truco

Fundada em 2011 por mulheres jornalistas, a Agência Pública é uma instituição sem fins lucrativos que avalia notícias com temas que envolvem administração pública e defesa dos direitos humanos. Ela é responsável por avaliar diversas falas de políticos, classificando-as em diversas categorias como verdadeiro, sem contexto, discutível, exagerado, subestimado, impossível provar ou falso.

E-Farsas

Lançado em 2001, o E-Farsas é um dos sites de checagem de notícias mais antigo que foi criado. O site é responsável por avaliar boatos que são espalhados diariamente pela internet. Após a avaliação, um post é feito para que as pessoas possam ter acesso ao conteúdo.

Para mandar uma sugestão de notícia para o site, basta apenas ir na aba de Contato do site.

Fake Check

O detector de Fake News Fake Check é uma plataforma que foi criada pela junção de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Diferentemente de uma agência, a plataforma utiliza aprendizagem de máquina e inteligência artificial para avaliar se um texto é verdadeiro ou falso.

Para entrar em contato com o Fake Check, basta apenas enviar uma mensagem para o bot do WhatsApp através do número (16) 98112-8986.

Dicas para identificar Fake News

Identificar uma notícia falsa não é uma tarefa fácil, porém, é crucial para que Fake News não sejam disseminadas na era digital com um fluxo de informações rápidas. Para identificar este tipo de notícias, é importante que algumas dicas sejam seguidas.

Um ponto a ser considerado e que sempre chama a atenção é o título. Focar exclusivamente nele pode tirar o contexto da matéria e até mesmo a data de sua publicação. Muitos textos utilizam click bait, que é apenas para fisgar leitores e gerar acessos.

Evite sempre este tipo de conteúdo e sempre leia o conteúdo das matérias. Ainda assim, desconfie de informações extremistas e com informações vagas. Informações bem escritas e claras, acompanham fontes e confirmam a possibilidade de aquela notícia ser verdadeira.

Com o poder das redes sociais, muitos vídeos e imagens são mais facilmente circulados do que links externos. Imagens e vídeos geralmente não possuem referências, portanto, é muito importante desconfiar deste tipo de conteúdo, pois ele se espalha de forma rápida. Confira sempre se existe alguma matéria publicada em sites sobre aquele determinado assunto.

Ao verificar sempre se uma notícia foi publicada, verifique se ela pode ser acessada em diversos veículos de alta circulação e confiabilidade. Caso você compreenda inglês, verifique também se as informações internacionais foram publicadas por grandes veículos estrangeiros de grande influência.

Sites que se utilizam de Fake News costumam utilizar algumas fontes para disseminar mentiras. É importante verificar as fontes, pois a junção de informações descontextualizadas pode gerar uma notícia falsa. É muito importante verificar que imagens podem ser forjadas, como capas de grandes revistas contendo manchetes falsas.

Antes de compartilhar alguma informação, verifique sempre, tire um tempo para validar aquilo que você está repassando, não apenas compartilhe logo de cara. Sempre que tiver dúvidas sobre o conteúdo recebido, a melhor opção é não compartilhar.

É muito importante ficar atento a estas dicas, pois compartilhar Fake News pode induzir pessoas a cometerem erros. Combater o compartilhamento de falso conteúdo é uma responsabilidade de todos.

Fonte: Canal Tech

Sobre admin

Check Also

Bibliotecárias negras brasileira e colombiana produzem livro sobre epistemologias latino-americanas no campo biblioteconômico-informacional

Texto por Priscila Fevrier Qual a incidência de estudos de mulheres negras em Biblioteconomia e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *